Cotidiano

VÍDEO: Incêndio em terreno abandonado preocupa moradores do Jardim Centenário

Moradores da Rua Veleiros, no Jardim Centenário, em Campo Grande, reclamam de outro incêndio causado em um terreno baldio, na noite deste domingo (28). O fogo atingiu chamas altas e preocupou vizinhos, das chamas chegaram na fiação elétrica da via. Conforme uma moradora, que preferiu não se identificar, não conhece proprietário do local, por isso […]

Karina Campos Publicado em 01/03/2021, às 07h45 - Atualizado às 07h58

Chamas estavam altas. (Foto: Leitor Midiamax)
Chamas estavam altas. (Foto: Leitor Midiamax) - Chamas estavam altas. (Foto: Leitor Midiamax)

Moradores da Rua Veleiros, no Jardim Centenário, em Campo Grande, reclamam de outro incêndio causado em um terreno baldio, na noite deste domingo (28). O fogo atingiu chamas altas e preocupou vizinhos, das chamas chegaram na fiação elétrica da via.

Conforme uma moradora, que preferiu não se identificar, não conhece proprietário do local, por isso não conseguiu diálogo para relatar os incidentes dentro do terreno. Um vizinho avistou o incêndio e acionou o Corpo de Bombeiros.

“É a terceira vez que isso acontece. Não temos contato com os donos do terreno e, por várias vezes, temos que ficar assistindo o fogo tomar conta. Vimos um homem pulando os muros. Na semana passada a mesma coisa. Tudo foi relatado para os bombeiros, para a Polícia Militar, já abrimos reclamação na defensoria, denunciamos na prefeitura. Tudo isso tem causado dor de cabeça há meses, sem contar nos problemas respiratórios”, disse.

Confira o vídeo:

Conforme a Lei de Crimes Ambientais número 9.605, a multa aplicada, mesmo em casos de propriedades particulares, por conta de colocar em risco a saúde humana, segurança de animais e destruição da flora, além do fogo se expandir e atingir outras regiões, e a fumaça atrapalhar o trânsito, varia de R$ 100 a R$ 15 mil.

A fiscalização das queimadas urbanas é feita pela PMA (Polícia Militar Ambiental) e também em parceria com as prefeituras municipais, pela Guarda Municipal. Moradores podem fazer denúncias pelo telefone 156 (prefeituras), 193 (Corpo de Bombeiros) e 190 (Polícia Militar).

Jornal Midiamax