Cotidiano

Vestibular da UEMS acontece neste sábado em 14 cidades de MS

O vestibular da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul acontece neste sábado (6), em 14 municípios do estado. Ao todo, foram 11.307 inscritos para 1.101 vagas disponíveis na instituição. A prova será objetiva e terá uma redação, será aplicada na parte da tarde, das 14h às 19h. As provas serão aplicadas no município de […]

Carolina Rocha Publicado em 04/02/2021, às 16h28 - Atualizado às 19h50

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

O vestibular da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul acontece neste sábado (6), em 14 municípios do estado. Ao todo, foram 11.307 inscritos para 1.101 vagas disponíveis na instituição.

A prova será objetiva e terá uma redação, será aplicada na parte da tarde, das 14h às 19h. As provas serão aplicadas no município de Amambai, Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Corumbá, Coxim, Dourados, Glória de Dourados, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três lagoas.

O candidato que deseja conferir o local já está disponível no portal. O tempo de cinco horas de prova inclui o preenchimento do cartão-resposta e folha de redação. A universidade recomenda que o candidato compareça ao local da realização com no mínimo 30 minutos de antecedência.

Na hora, é necessário que o candidato tenha uma caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente, e um documento de identidade original e com foto.

Pensando nos candidatos sabatistas, que são pessoas que tem convicção religiosa, e guardam o sábado para descanso ou oração, será reservada uma sala especial, onde ficarão o dia todo e poderão começar a prova após o pôr-do-sol.

Documentos na hora da prova

Serão aceitos somente os seguintes documentos de identificação: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por Lei Federal, valham como identidade; carteira de trabalho; e carteira nacional de habilitação.

Não serão aceitos como documentos de identificação: cópia do documento de identidade, ainda que autenticada em cartório, nem protocolo deste documento; certidões de nascimento; CPF; títulos eleitorais; carteiras de motorista (modelo sem foto); carteiras de estudante; carteiras funcionais sem valor de identidade; reservista; documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados; documentos de identificação onde se lê “não alfabetizado” ou “infantil”; ou quaisquer outros não especificados no item anterior.

Normas de biossegurança

Para que a prova seja aplicada, precisam de normas sanitária de prevenção para a disseminação do novo coronavírus.

Regras de higiene pessoal (fazer adequada higienização das mãos com água e sabonete ou preparação alcoólica a 70%) e etiqueta respiratória (cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar).

Uso obrigatório de máscara individual, cirúrgica ou de tecido, de proteção de nariz e boca, não sendo permitido o acesso sem a utilização da mesma e, em complementação à máscara, será permitida a utilização de viseiras. Não será permitido o acesso do candidato que estiver utilizando a viseira (escudo facial/face shield) sem a máscara.

Aferição da temperatura corporal: aquele que apresentar, no momento da aferição, na entrada de cada sala de prova, temperatura corporal superior a 37,8°C deverá ser encaminhado para realizar a prova em sala separada dos demais candidatos, atendendo às medidas de prevenção e enfrentamento à COVID-19, conforme os órgãos públicos reguladores, em consonância com o Plano de Biossegurança da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, a fim de preservar os princípios da isonomia e razoabilidade para a realização das provas. O candidato será orientado, posteriormente, a procurar assistência médica.

Jornal Midiamax