Cotidiano

‘Vacinômetro’: SES lança ferramenta para contabilizar número de imunizados contra Covid-19

A SES (Secretaria Estadual de Saúde), divulgou, nesta segunda-feira (25), que deve lançar até o fim de semana o ‘Vacinômetro’, uma ferramenta que deve contabilizar o número de pessoas vacinadas contra a Covid-19, em Mato Grosso do Sul. Em nota, a secretaria explicou que o portal ainda está na fase de testes, e por conta […]

Karina Campos Publicado em 25/01/2021, às 16h40 - Atualizado às 16h58

Ferramenta deve ser disponibilizada nos próximos dias. (Foto: Edemir Rodrigues/Governo de MS)
Ferramenta deve ser disponibilizada nos próximos dias. (Foto: Edemir Rodrigues/Governo de MS) - Ferramenta deve ser disponibilizada nos próximos dias. (Foto: Edemir Rodrigues/Governo de MS)

A SES (Secretaria Estadual de Saúde), divulgou, nesta segunda-feira (25), que deve lançar até o fim de semana o ‘Vacinômetro’, uma ferramenta que deve contabilizar o número de pessoas vacinadas contra a Covid-19, em Mato Grosso do Sul.

Em nota, a secretaria explicou que o portal ainda está na fase de testes, e por conta da polêmica de ‘fura filas’, o objetivo é dar mais transparência no processo de vacinação do grupo prioritário no Estado. Com a ferramenta, os moradores poderão acompanhar a situação de imunização em cada município.

“O painel será público e apresentará os seguintes dados das vacinas: total de vacinas recebidas; a quantidade de doses aplicadas; aplicação das doses por grupos prioritários; além da consulta por laboratório fornecedor”, disse o secretário da pasta, Geraldo Resende.

Outra vantagem será acompanhar os dados da taxa de transmissão e boletim epidemiológico da doença. O sistema está sendo elaborado pela CTEC (da Coordenadoria de Tecnologia da Informação), e estará disponível no Painel Mais Saúde.

“Estamos colhendo as informações enviadas pelos municípios vacinadores que serão úteis para a publicação. Os dados estão sendo tabulados e conferidos, ainda é preciso ter muita cautela para fazer essa conferência e fazer a recepção destas informações. Nós queremos garantir que a publicação seja a mais fidedigna possível”, explica o coordenador de Tecnologia da SES, Marcos Espíndola de Freitas.

Nesta primeira versão do sistema, o painel apontará as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e as doses aplicadas pelos municípios. De acordo com o Freitas, as cidades estão enviados as informações por planilhas.

Na segunda versão, que está em construção e que pode estar disponível na próxima semana, o acesso as informações terá conexão com os dados operacionais nacional, onde será possível ver o nome de quem se vacinou, qual dose e a data da vacinação, tudo em tempo real.

O Estado já possui o sistema de consulta simultânea da situação de ocupação d eleitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pelo Prosseguir.

Jornal Midiamax