Cotidiano

UFMS suspende análise semanal de risco da Covid-19

Análise era feita desde maio de 2020 nas cidades onde UFMS tem campus

Lucas Mamédio Publicado em 17/11/2021, às 15h03

None
(Foto: Divulgação)

A  UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) suspendeu a análise de Risco da Covid-19, que era publicada semanalmente pelo COE (Comitê Operativo de Emergência) da UFMS desde maio de 2020. A decisão foi tomada por conta do avanço da imunização no Estado e da queda no número de internações e de óbitos, bem como da mudança do boletim do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) do Governo do Estado, que descentralizou o acompanhamento e controle para os municípios.

A análise da UFMS foi publicada de 14 de maio de 2020 a 14 de outubro de 2021, com o objetivo de ser um indicativo para a adoção dos critérios previstos no Plano de Biossegurança da Universidade. O mapa trazia as faixas de risco de contágio — baixo, médio ou alto — referentes aos municípios onde a UFMS tem campus e era desenvolvido pelo COE com base nos boletins estaduais sobre a Covid-19, sobre a influenza e sobre as taxas de isolamento social, entre outros dados.

O pró-reitor de Assuntos Estudantis e vice-presidente do COE, Albert Schiaveto de Souza, aponta que o Comitê recomenda a continuidade das medidas de prevenção referentes à etapa verde. “Recomendamos que todas as unidades sigam seus planos de biossegurança e também as orientações municipais”, disse.

O Plano de Biossegurança da UFMS e as ações de enfrentamento à Covid-19 da Universidade podem ser acessados no site www.ufms.br/coronavirus.

Jornal Midiamax