Cotidiano

Três Lagoas vacina pessoas com mais de 48 anos e agenda imunização de gestantes e puérperas

Além desses públicos, município abrirá pré-cadastro para adolescentes com comorbidades terem acesso à vacina

Humberto Marques Publicado em 18/06/2021, às 17h24

Prefeitura de Três Lagoas recebeu carregamento de vacinas da Pfizer e Coronavac
Prefeitura de Três Lagoas recebeu carregamento de vacinas da Pfizer e Coronavac - Arquivo/Midiamax

A Prefeitura de Três Lagoas –a 338 km de Campo Grande– anunciou para este sábado (19) o início da vacinação de pessoas com 48 anos ou mais contra o novo coronavírus. Além disso, programou para segunda-feira (21) o agendamento para imunização de gestantes e puérperas e iniciou o pré-cadastro para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades.

A ação, anunciada nesta sexta-feira (18), é resultado da destinação, pelo Governo Federal, de 3.184 doses de vacinas contra a Covid-19, permitindo a ampliação da Campanha de Imunização contra o novo coronavírus. São 1.690 doses de Coronavac para primeira e segunda doses e 1.494 da Pfizer, apenas para a aplicação inicial.

Todas as pessoas com 48 anos ou mais poderão receber a primeira dose neste sábado, das 8h às 11h, na Central de Imunização instalada na Biblioteca Municipal Rosário Congro (Rua Alexandre Costa, 241, Centro) e na sede do 5.º Grupamento do Corpo de Bombeiros (Avenida Filinto Muller, 3.300, Jardim Morumbi).

A partir das 13h de segunda-feira, o mesmo grupo poderá continuar sendo vacinado nas unidades de Saúde de referência de cada bairro.

As pessoas que se enquadram na idade devem apresentar documento oficial com foto, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência atualizado para poderem se imunizar.

Na segunda-feira, será aberto o agendamento de gestantes e puérperas (até 45 dias do parto) acima de 18 anos. O agendamento será feito na Clínica da Mulher (Avenida Capitão Olyntho Mancini, 2.034, Centro), sendo necessária apresentação do laudo médico autorizando a vacinação, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência atualizado.

Além da aplicação das vacinas para esses grupos, as Secretarias de Estado e Municipal de Saúde abrirão o pré-cadastro para futura vacinação de adolescentes –idades de 12 a 17 anos– com comorbidades, como previsto no PNI (Plano Nacional de Imunização).

Os interessados devem comparecer, com o responsável, ao Centro de Imunização da Biblioteca Municipal a partir de segunda-feira com documento oficial com foto e laudo médico comprovando a comorbidade prevista no PNI, bem como CPF, Cartão SUS e comprovante de residência atualizado (em nome dos pais, caso não tiver no nome do adolescente).

Confira aqui a lista de comorbidades do Plano Nacional de Imunização.

Jornal Midiamax