Cotidiano

Residencial Armando Tibana será entregue em abril pela Prefeitura

No próximo dia 7 de abril, 192 beneficiários do Residencial Armando Tibana receberam moradias construídas na modalidade Minha Casa Minha Vida – Entidades. As obras serão entregues por meio da Prefeitura de Campo Grande, governo do Estado e União. O cronograma de entrega das chaves do empreendimento, que fica no Bairro Centro Oeste (Anhanduizinho), está […]

Ranziel Oliveira Publicado em 30/03/2021, às 16h44

Residencial em fase de acabamento (Foto: Divulgação / Prefeitura de Campo Grande)
Residencial em fase de acabamento (Foto: Divulgação / Prefeitura de Campo Grande) - Residencial em fase de acabamento (Foto: Divulgação / Prefeitura de Campo Grande)

No próximo dia 7 de abril, 192 beneficiários do Residencial Armando Tibana receberam moradias construídas na modalidade Minha Casa Minha Vida – Entidades. As obras serão entregues por meio da Prefeitura de Campo Grande, governo do Estado e União.

O cronograma de entrega das chaves do empreendimento, que fica no Bairro Centro Oeste (Anhanduizinho), está em formatação para respeitar todas as medidas de biossegurança exigidas diante da situação vigente de pandemia.

A diretora-presidente da Amhasf, Maria Helena Bughi, esclarece que os beneficiários devem aguardar o contato via telefone para ter ciência do horário determinado para a entrega das moradias, de maneira individual.

O Residencial

Além da doação do terreno avaliado em mais de R$ 2 milhões, o município realizou investimento da ordem de R$ 300 mil na infraestrutura externa como asfalto, esgoto e drenagem. A Conssol (Sistema Integrado de Economia Solidária) foi a entidade escolhida pelo programa para realizar a seleção das famílias contempladas.

Os 192 apartamentos que integram o residencial estão divididos em 12 blocos com 16 apartamentos, cada.

Cada unidade tem 47 metros quadrados, divididos em cozinha, sala, 2 quartos e banheiro. Os apartamentos destinados a PCDs já estão adequados para receber moradores com deficiência, que possuem necessidades especiais de mobilidade.

Jornal Midiamax