Cotidiano

Prosseguir: Campo Grande e três cidades ficam com risco extremo para o coronavírus em MS

Campo Grande continua classificada com a bandeira cinza e tem risco extremo para transmissão do coronavírus em Mato Grosso do Sul. O novo mapa do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) foi divulgado nesta quarta-feira (24) com orientações para os municípios. Mesmo com o toque de recolher às 20h, a situação está crítica […]

Mylena Rocha Publicado em 24/03/2021, às 11h39

(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Campo Grande continua classificada com a bandeira cinza e tem risco extremo para transmissão do coronavírus em Mato Grosso do Sul. O novo mapa do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) foi divulgado nesta quarta-feira (24) com orientações para os municípios. Mesmo com o toque de recolher às 20h, a situação está crítica no Estado. Enquanto na semana passada, apenas a Capital estava na bandeira cinza, agora três cidades do interior também receberam a pior classificação do mapa de risco. 

Com a classificação de risco extremo para Covid-19 em Campo Grande, Aral Moreira, Bela Vista e Costa Rica, a orientação do Prosseguir é de que somente atividades essenciais funcionem. Em Campo Grande, isso tem acontecido desde a segunda-feira (22), já que a prefeitura decidiu antecipar quatro feriados municipais para que as pessoas fiquem em casa.

Conforme dados do Governo de MS, em relação a última semana, 17 municípios regrediram na classificação, 54 permaneceram com o mesmo grau de risco e apenas 8 progrediram. ”Os dados do Prosseguir apontam para um cenário grave em nosso Estado. Temos avaliado diuturnamente esse quadro e isso remete a busca de todos os mecanismos para, ao menos, tentarmos frear a escalada da Pandemia. Mais uma vez, reforço que o nosso principal objetivo é continuar salvando vidas”, ressaltou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Sérgio Murilo. 

Conforme mapa de risco, há 48 municípios com risco elevado, com a classificação vermelha do Prosseguir. Além disso, 24 municípios estão na cor laranja (médio grau de risco) e três na amarela (tolerável). Nenhum deles está na verde (baixo risco).

Prosseguir: Campo Grande e três cidades ficam com risco extremo para o coronavírus em MS
(Fonte: Governo de MS)

Pico da pandemia

Mato Grosso do Sul chegou ao pior momento da pandemia de coronavírus e tem mais de mil casos novos por dia. Conforme dados do boletim epidemiológico desta quarta (24), o Estado já tem uma média móvel de 1.167,3 casos e 29,4 mortes por dia. 

Em relação às internações, MS tem 1.092 pacientes internados. Diante da falta de leitos, há muitos pacientes aguardando por uma vaga em leito clínico ou de UTI em Mato Grosso do Sul. A fila conta com 176 pacientes aguardando uma vaga em leitos: 126 pacientes na macrorregião de Campo Grande, 27 em Dourados e 25 na Central de Regulação do Estado.

Jornal Midiamax