Cotidiano

Outdoor com crítica a Bolsonaro é depredado em Campo Grande

Um outdoor com crítica a Bolsonaro foi depredado em Campo Grande. Vídeo divulgado nesta terça-feira (30) mostra um homem pichando outdoor com mensagem crítica ao presidente Jair Bolsonaro. No outdoor havia os dizeres: “A Vacina e o SUS salvam vidas. Bolsonaro não’, em que o vândalo apaga a última palavra, mudando o sentido da frase […]

Diego Alves Publicado em 30/03/2021, às 21h24 - Atualizado em 31/03/2021, às 10h28

Reprodução
Reprodução - Reprodução

Um outdoor com crítica a Bolsonaro foi depredado em Campo Grande. Vídeo divulgado nesta terça-feira (30) mostra um homem pichando outdoor com mensagem crítica ao presidente Jair Bolsonaro. No outdoor havia os dizeres: “A Vacina e o SUS salvam vidas. Bolsonaro não’, em que o vândalo apaga a última palavra, mudando o sentido da frase para uma conotação positiva ao presidente.

“Aqui não, ‘fi’, aqui é país de homem sério, fi, país de vagabundo não. Ladrão filha da p***. O outdoor, do Fórum Estadual Vacina Para Todos, está localizado na Av. Júlio de Castilho, em Campo Grande, próximo ao monumento Cabeça de Boi.

Outros 7 outdoors com a mesma mensagem estão distribuídos na Capital. A campanha também teve outdoors espalhados no interior do Estado, como em Corumbá, Três Lagoas, Cassilândia e Naviraí.

O fórum que reúne mais de 50 entidades de Mato Grosso do Sul, repudiou o ato de vandalismo, alegando desrespeito à liberdade de expressão. Confira a nota:

As mais de 50 entidades que fazem parte do Fórum Estadual Vacina Para Todos repudiam energicamente esse ato de intolerância, que alterou a mensagem do outdoor de nossa campanha. A depredação do material por clara motivação ideológica reflete nada mais nada menos do que um desrespeito a um dos direitos constitucionais básicos: que cada indivíduo possa exprimir livremente suas ideias, sendo vedada qualquer tipo de restrição ou censura. Mas assim como o presidente da República a quem cultuam, não aceitam a democracia, as instituições e as liberdades civis. Além disso, loucos de ódio e sem empatia pela dor alheia, custam a aceitar que a vacina salva vidas, ao contrário de seu “líder”, aliado da morte e do sofrimento. Os autores desse ato deplorável serão identificados e acionados judicialmente.

A Vacina e o SUS Salvam Vidas! Bolsonaro Não!
Viva a democracia!

Jornal Midiamax