Cotidiano

No Dia da Mulher, venda de rosas no semáforo é oportunidade de renda para trabalhadores

No Dia Internacional da Mulher, alguns trabalhadores viram uma oportunidade de garantir uma renda extra com a venda de rosas no semáforo em Campo Grande. Cativando os motoristas que param e aguardam o sinal abrir, os vendedores têm tido sucesso com as ‘lembrancinhas’ compradas pelos clientes. Alisson Rezende tem 21 anos e aproveita as datas […]

Mariane Chianezi Publicado em 08/03/2021, às 17h44 - Atualizado às 17h47

Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax
Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax - Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax

No Dia Internacional da Mulher, alguns trabalhadores viram uma oportunidade de garantir uma renda extra com a venda de rosas no semáforo em Campo Grande. Cativando os motoristas que param e aguardam o sinal abrir, os vendedores têm tido sucesso com as ‘lembrancinhas’ compradas pelos clientes.

Alisson Rezende tem 21 anos e aproveita as datas comemorativas para vender rosas pela cidade. Ele comenta que consegue vender até 200 rosas por dia quando tem datas festivas e vende cada uma por R$ 20.

No Dia da Mulher, venda de rosas no semáforo é oportunidade de renda para trabalhadores
Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax

“Já tem quatro anos que trabalho com rosas, é minha motivação para procurar uma forma de felicidade ao próximo. Todas as vezes [datas comemorativas] tem alguém que faz um agrado para a mulher, é uma coisa diferente de se ver nas ruas”, disse o vendedor que estava na Avenida Eduardo Elias Zahan com a Bom Pastor.

Autônoma, a manicure Jackeline Sales, de 34 anos, viu na venda das rosas no semáforo uma oportunidade para ganhar dinheiro. “Meu irmão vendia rosas e frutas no semáforo e vi uma oportunidade para mim. É uma data especial, é gratificante”, comentou.

A trabalhadora disse que muitos motoristas passam e compram uma rosa e presenteiam ela mesma, pois segundo ela, sabem o quanto é cansativo o trabalho de quem vende no semáforo.

Ela deixa um recado: “Em nome de todas mulheres, que persistam, insistam e tenham foco, que não deixam que as negatividades atinjam. Para derrubar tem muitos, e para levantar tem poucos”, finaliza.

Alisson também deixa um recado para a mulher em que é exemplo a ele: “Para a minha mãe, só tenho a agradecer. Que neste dia seja repleto de alegria. O sentimento é de agradecimento, amor e carinho”, pontua.

No Dia da Mulher, venda de rosas no semáforo é oportunidade de renda para trabalhadores
Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax
Jornal Midiamax