Cotidiano

Mutirão de classificação do arquivo geral do TJMS ultrapassa 80 mil processos analisados

A meta é que em 90 dias úteis do início do mutirão todos os processos das comarcas do interior sejam classificados

Lucas Mamédio Publicado em 04/10/2021, às 16h19

None
(Foto: Divulgação)

O mutirão de classificação do arquivo geral do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Su, que foi iniciado em 16 de agosto deste ano, já classificou 86 mil processos. Nos primeiros 30 dias úteis de trabalho foram classificados quase todos os processos de Dourados, a maior comarca do interior do Estado. A meta, segundo o TJ, é que em 90 dias úteis do início do mutirão todos os processos das comarcas do interior sejam classificados.

Após a etapa de classificação, o Poder Judiciário terá em definitivo o número de processos que estão armazenados no galpão e o local ficará setorizado por processos permanentes, temporários, temporários por ano, processos com dúvidas e os processos que serão enviados para descarte.

De acordo com o Tribunal de Justiça, o objetivo dessa ação é trazer, em curto espaço de tempo, economia para os cofres públicos, principalmente com a extinção dos contratos de locação de barracões para a guarda de processos. Com a digitalização, os processos continuarão a ser acessados, mas da forma que a informatização e a moderna tecnologia recomendam.

Jornal Midiamax