Cotidiano

MS volta a atingir 100% de ocupação das UTIs Covid-19 e fica sem vagas

Existem 571 pessoas internadas em estado grave da doença no Estado

Dândara Genelhú Publicado em 24/05/2021, às 16h25

Leitos de UTI atendem pacientes em estado grave da Covid-19.
Leitos de UTI atendem pacientes em estado grave da Covid-19. - Foto: Reprodução.

Nesta segunda-feira (24), Mato Grosso do Sul registrou aumento de internações de infectados por coronavírus. Assim, 100% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19 estão ocupados e o Estado não possui mais vagas para novos pacientes.

São 571 leitos existentes, ou seja, 565 pessoas internadas em UTIs Covid-19 de MS. O índice é o maior registrado desde 6 de maio. Os dados são do Painel Mais Saúde, disponibilizado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) em atualização das 16h20.

Em transmissão, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, ressaltou que existe uma grande fila de pacientes aguardando vaga de UTI Covid-19 em MS. “Temos também a situação que nos causa apreensão, 231 pessoas na fila de espera de leitos”, disse Resende.

São 171 estão na central de regulação de Campo Grande, sendo 142 pessoas da própria Capital. Outras 54 pessoas estão na central de regulação de Dourados, sendo que 30 são da própria cidade. Outros seis que aguardam são da regulação do Estado.

Além das UTI, MS possui leitos clínicos exclusivos para Covid-19. São 1.136 existentes em todo o Estado. Nesta segunda-feira (24), o índice é de 76,23% de ocupação.

Então, existem 866 pacientes internados. Assim, restam 270 vagas para novos pacientes em estado grave da Covid-19.

Jornal Midiamax