Cotidiano

MS ultrapassa marca de 3 mil mortes por Covid-19 e casos confirmados chegam a 165,5 mil

Neste domingo (7), MS superou a marca de três mil mortes causadas por Covid-19. Foram -- mortes e -- casos confirmados nas últimas 24h.

Dândara Genelhú Publicado em 07/02/2021, às 11h50 - Atualizado em 08/02/2021, às 07h43

Ilustrativa. (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).
Ilustrativa. (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax). - Ilustrativa. (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).

Neste domingo (7), Mato Grosso do Sul superou a marca de três mil mortes causadas por coronavírus. Com as 13 confirmações nas últimas 24h, são 3.012 vítimas fatais no Estado. Além disto, o número de casos confirmados em MS chega a 165.553.

De acordo com boletim epidemiológico, publicado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), foram confirmados 412 novos casos de Covid-19 em MS. Já a taxa de letalidade do coronavírus no Estado se mantém em 1,8%.

As vítimas das últimas 24h são de: Campo Grande (6), Ponta Porã (2), Costa Rica (1), Ivinhema (1), Nova Alvorada do Sul (1), Itaporã (1) e Guia Lopes da Laguna (1). Entre os municípios que mais registraram novos casos no último dia estão: Campo Grande (148), Corumbá (58), Dourados (37) e Naviraí (28).

Além dos casos confirmados, as notificações da doença chegaram a 549.753 no Estado. São 378.852 casos descartados e outros 865 que aguardam análise para resultado no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública). Existem ainda 4.483 casos que não foram encerrados pelos municípios sul-mato-grossenses.

Internações e leitos em MS

Segundo o boletim, dos 165.553 casos confirmados no Estado, 155.196 estão recuperados e 7.345 seguem com a doença. Assim, 464 estão internados e 6.881 em tratamento domiciliar.

Dos internados, 236 estão em leitos clínicos e 228 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Ainda segundo os dados, a macrorregião de Campo Grande registrou 76% de ocupação das UTIs neste domingo (7).

A macrorregião de Dourados marcou 82% de ocupação dos leitos, Três Lagoas está em 48% e por fim, Corumbá possui 66% das UTIs lotadas.

Jornal Midiamax