Cotidiano

MS inicia vacinação de adolescentes e 3ª dose nos idosos nas aldeias indígenas

No caso dos indígenas idosos, a dose de reforço será feita com a Janssen

Mylena Rocha Publicado em 01/10/2021, às 12h20

Vacinação é feita das 7h às 17h em unidades de saúde e escolas.
Vacinação é feita das 7h às 17h em unidades de saúde e escolas. - Danilo Pagnussat/SMS Laguna Carapã

A campanha de vacinação contra o coronavírus continua avançando e iniciou a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos que vivem em aldeias de Mato Grosso do Sul. Além disso, os idosos também já podem procurar unidades de saúde ou escolas nas aldeias para tomar a 3ª dose da vacina. 

A imunização deste público nas aldeias começou nesta semana. O DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena) informou que, entre terça (28) e quinta (30), 867 jovens indígenas receberam a primeira dose da vacina da Pfizer no Estado. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) distribuiu 2.004 doses da vacina para serem enviadas às aldeias do Estado. O público estimado para receber a vacina é de 12.533 pessoas.

A chefe de Atenção à Saúde Indígena de Mato Grosso do Sul, Eliete Domingues Rios Maggione, explica que a vacinação é realizada nas unidades de saúde e em escolas, das 7h às 17h. A campanha vai ser realizada também neste final de semana em pontos de concentração de adolescentes, como igrejas e campos de futebol. 

O secretário Geraldo Resende também comentou sobre a 3ª dose nos idosos indígenas. Ele explicou que os idosos receberão a dose da Janssen e não da Pfizer, como foi feito nos idosos em MS. 

“Em idosos acima de 60 anos, [aplicaremos] a vacina da Janssen, de dose única, para que evite estar sempre fazendo dose de reforço. A dose que encaminhamos é a vacina da Janssen”, reforçou. 

Jornal Midiamax