Cotidiano

Ministério prevê envio de 2ª dose da Coronavac para MS apenas na primeira quinzena de maio

Em MS, 27 cidades já estão sem doses da Coronavac para 2ª aplicação

Dândara Genelhú Publicado em 27/04/2021, às 15h28

Campo Grande paralisou a vacinação da 2ª dose da Coronavac.
Campo Grande paralisou a vacinação da 2ª dose da Coronavac. - Foto: Reprodução.

Mato Grosso do Sul deve receber nova remessa de Coronavac apenas na primeira quinzena de maio. O Ministério da Saúde publicou nota com a informação. Nesta terça-feira (27), MS já tem 27 cidades sem doses dessa vacina para completar a imunização contra a Covid-19. 

Assim, a Pasta disse que para a garantir a compensação e fechamento do esquema vacinal de grupos prioritários, “a previsão de recebimento de novas remessas de vacinas na primeira quinzena de maio”. Então, a vacinação com a segunda aplicação da Coronavac deve ser adiada por mais alguns dias em algumas cidades de MS. 

O Ministério lembrou que as vacinas das segundas doses começaram a ser enviadas a partir do 11º lote. Sendo que a divisão de envios da primeira e segunda aplicação foi feita pelo “aumento no número de casos de coronavírus e a necessidade da aceleração da vacinação”. 

Então, na prática as vacinas da Coronavac, devem ser enviadas em lote com primeiras doses e depois de quatro semanas, o lote com as segundas doses. No entanto, no último carregamento, MS recebeu apenas 10 mil vacinas produzidas pelo Instituto Butantan para segunda aplicação. 

De acordo com a Pasta, existem três grupos prioritários que ainda precisam da segunda aplicação da Coronavac em todo o Brasil. São: 3% dos trabalhadores da saúde, 6,2% das forças de segurança, salvamento e Forças Armadas e 1,9% dos idosos entre 60 e 64 anos, totalizando 416.507 de pessoas. 

“A previsão de envio da segunda dose para esses grupos é para a primeira semana de maio, cumprindo o ciclo vacinal no tempo adequado’. Porém, em Campo Grande, a vacinação da segunda dose já está atrasada para algumas pessoas. 

Agendados para até 20 de abril conseguiram ser vacinados com a segunda dose na Capital. No entanto, ainda não foram dadas informações sobre quando outros grupos serão chamados. Por enquanto, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) pede que aguardem a notificação para aplicação da segunda dose. 

 Apesar do atraso, o Ministério da Saúde adverte que as pessoas precisam buscar a segunda dose. Quando forem chamados para aplicação, vacinados com a Coronavac devem ir até um ponto de vacinação e completar a imunização contra Covid-19.

Jornal Midiamax