Cotidiano

Junho Vermelho para estimular doação de sangue e medula óssea é instituído em MS

A lei estadual foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (19)

Diego Alves Publicado em 19/11/2021, às 22h34

Divulgação
Divulgação

Foi instituído em Mato Grosso do Sul o Junho Vermelho com intuito de conscientizar e estimular a sociedade sobre a doação de sangue e de medula óssea. A lei estadual foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (19).

O mês de junho será voltado para conscientizar e estimular a sociedade sul-mato-grossense sobre a doação de sangue e de medula óssea. De acordo com a lei, deverão ser desenvolvidas ações integradas pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

O objetivo é o de intensificar atividades voluntárias de doação com palestras, cursos, seminários, workshops, campanhas publicitárias, caminhadas e corridas temáticas. Os prédios públicos também receberão iluminação com a cor vermelha. As campanhas deverão informar e orientar sobre os procedimentos para o cadastro de doadores e a importância da doação de medula óssea para salvar vidas, bem como sobre o armazenamento de dados no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

Além dos órgãos públicos, as ações poderão ter a colaboração de entidades privadas. A lei 5.756 é de autoria do presidente da ALEMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), deputado Paulo Corrêa (PSDB) e coautoria de Renato Câmara (MDB).

Jornal Midiamax