Cotidiano

Há mais de 4 dias sem energia, produtor rural acumula mais de R$ 10 mil de prejuízo em MS

Moradores de assentamento dependem de eletricidade para usar poço e captar água

Gabriel Maymone Publicado em 20/10/2021, às 10h46 - Atualizado às 11h18

Almir e outros 10 chacareiros em Rochedo amargam prejuízos com a falta de energia
Almir e outros 10 chacareiros em Rochedo amargam prejuízos com a falta de energia - Leitor Midiamax

O produtor rural Almir Sandim acumula prejuízo de mais de R$ 10 mil em decorrência da falta de energia, situação que já dura mais de 4 dias - desde a tarde de sexta-feira, quando temporal atingiu Mato Grosso do Sul. 

Ele tem uma chácara de 19 hectares na região da Areia, em Rochedo, distante 82 km de Campo Grande, onde pelo menos outras 10 chácaras passam pela mesma situação. "Meu prejuízo vai desde o combustível para buscar água para o gado até perdas com queijo e carne", lamenta Almir. 

Os moradores da região já acionaram a Energisa diversas vezes, mas sem sucesso. "Até agora, nada. Nem satisfação deram", reclama o produtor, informando que pelo menos outros 10 chacareiros da região estão sem luz.

No distrito de Capão Seco, em Sidrolândia, a 68 km da Capital, moradores ficaram sem luz até às 10h30 desta quarta-feira (20). "A situação está de calamidade. Os animais estão com sede desde sexta-feira", afirma uma moradora, reclamando que o poço para captar água na região depende da eletricidade e a dificuldade para buscar água para alimentar os animais já está numa situação delicada.

A Energisa informou, por meio de nota, que 2% dos clientes afetados pela falta de energia permanecem sem luz. "A concessionária esclarece que o seu sistema estava totalmente íntegro antes da tempestade", afirmou.

Conforme a concessionária, "Mais de 80% das ocorrências envolveram queda de árvores de grande porte, após objetos lançados à rede pelos fortes ventos, que ultrapassaram 98 km/h na Capital".

Jornal Midiamax