Cotidiano

Entrega de casas no Bom Retiro neste domingo é recomeço e 'benção' para quem já viveu em barracos

Imóveis foram entregues durantes evento na manhã deste domingo

Renan Nucci e Ranziel Oliveira Publicado em 01/08/2021, às 09h58

Casas entregues neste domingo no Bom Retiro, em Campo Grande
Casas entregues neste domingo no Bom Retiro, em Campo Grande - Leonardo de França
[Colocar ALT]
Prefeito Marquinhos Trad discursa durante evento. Foto: Leonardo de França

Cerimônia realizada na manhã deste domingo (01) marcou a entrega de mais 136 unidades habitacionais no Bom Retiro, em Campo Grande, imóveis construídos no âmbito do programa ‘Casa Pronta’. O projeto realizado entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado atende famílias que viviam em situação de vulnerabilidade na Cidade de Deus.

Ao todo, foram entregues 90 moradias finalizadas em 2019, bem como 23 concluídas no ano passado e outras 17 terminadas neste ano. Os imóveis contam com área construída de 46,07 metros quadrados, contendo dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. No local, o prefeito Marquinhos Trad falou que o município cumpriu o que prometeu.

“Compromisso da palavra dada. Eles [moradores] estiveram um bom tempo vivendo muito distantes da dignidade e do respeito humano. E a administração pública ofereceu aquilo que ela tem condições de honrar. Agora [eles] podem viver com mais alegria”, disse o chefe do Executivo Municipal, reforçando que novas entregas como essa vão ocorrer. “Com certeza, Campo Grande não parou de entregar unidades habitacionais. Assim tem sido e assim será durante todo o tempo de nossa gestão”, completou.

[Colocar ALT]
Mirian foi uma das pessoas contempladas pelo programa. Foto: Leonardo de França

Para Mirian Pontes Vilhalba, auxiliar de limpeza de 27 anos beneficiada pelo programa, a moradia representa um novo começo para ela e para as duas filhas de três e sete anos. As três viveram por quatro anos em um barraco de lona, madeira e chão batido na Cidade de Deus. “É uma benção na minha vida. Depois de tantos anos num barraco, foi a melhor coisa que eu ganhei”.

As filha dela poderão crescer com mais conforto e dignidade. “Meu coração fica cheio de alegria. Agora é outra realidade. Foi a melhor coisa que pude conseguir para minhas filhas. Elas podem dormir no conforto e tomar um banho com mais dignidade”, pontuou a trabalhadora, que é mãe solteira.

Estiveram presentes no evento Maria Helena Bugh, diretora-presidente da Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), e Maria do Carmo Avesani Lopez, diretora-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul). 

[Colocar ALT]
José Carlos abrindo a porta da nova residência. Foto: Leonardo de França

Por sua vez, o auxiliar de almoxarifado José Carlos Barbosa, de 60 anos, agradeceu pela nova oportunidade. Ele morou por três anos em um barraco na região. “Agradeço ao prefeito que tirou a gente desta lama. Demorou, mas graças a Deus vou mudar. Isso aqui é um sonho que muitos têm, mas não conseguem realizar”, relatou. O prefeito disse que sua gestão já entregou 3.500 casas e mais 5 mil serão entregues em parceria com o Estado e a União.

Mais unidades

Com a primeira etapa do programa Ação Casa Pronta concluída, o projeto agora vai readequar mais 150 casas para as comunidades José Teruel I e II e Canguru. No último dia 26, aditivo em convênio firmado entre prefeitura de Campo Grande e Governo do Estado garantiu repasse de mais R$ 9.207.851,09 para a conclusão das obras dos reassentamentos José Teruel I e II e Jardim Canguru.

Jornal Midiamax