Cotidiano

Em sete dias, MS registra quase 300 novos casos e soma 4,5 mil infectados da dengue

Estado é o segundo com maior incidência da doença no país

Dândara Genelhú Publicado em 12/05/2021, às 17h31

São oito mortes causadas pela dengue em 2021 em todo o Estado.
São oito mortes causadas pela dengue em 2021 em todo o Estado. - Foto: Henrique Arakaki | Midiamax

Nos últimos sete dias, Mato Grosso do Sul registrou 297 novos casos de dengue. Assim, o Estado possui 4.513 pessoas que já foram infectadas pelo vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

A cidade com mais casos confirmados é Três Lagoas com 1.280 infectados pelo vírus. Em Campo Grande, 239 casos de dengue já foram confirmados.

Os dados são do boletim epidemiológico, publicado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (12). Além dos casos confirmados, MS possui 10.263 prováveis infectados pela dengue. O número faz o Estado ser o segundo com maior incidência da doença no ranking nacional.

São 365,3 casos para cada 100 mil habitantes sul-mato-grossenses. No Estados, 23 cidades já estão com alta incidência da doença, sendo Figueirão a com maior índice. No município, são 3,2 mil casos para cada mesma proporção de moradores.

Outras 21 cidades estão com média incidência de dengue e 32 estão com baixo índice. Apenas três cidades não possuem casos prováveis da doença: Bandeirantes, Corguinho e Rio Negro.

Assim, no Estado já foram confirmadas oito mortes causadas pela dengue. Uma mulher de 33 anos foi a 8ª vítima fatal e mais recente em MS.

Ela era de Ivinhema e não tinha comorbidades relatadas, começou a sentir os sintomas da dengue em 10 de abril. No dia 13 de abril a mulher faleceu por não resistir à doença.

Jornal Midiamax