Cotidiano

Em MS, 3 municípios aplicaram 2ª dose contra Covid-19 em mais de 50% da meta

Pouco mais de um mês após o início da vacinação contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul, apenas 3 municípios já aplicaram a 2ª dose da vacina contra Covid-19 em mais de 50% da meta de vacinação até a manhã desta segunda-feira (22). Conforme dados do ‘vacinômetro’, o município que está mais adiantado na aplicação […]

Gabriel Maymone Publicado em 22/02/2021, às 08h56 - Atualizado às 13h26

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

Pouco mais de um mês após o início da vacinação contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul, apenas 3 municípios já aplicaram a 2ª dose da vacina contra Covid-19 em mais de 50% da meta de vacinação até a manhã desta segunda-feira (22).

Conforme dados do ‘vacinômetro’, o município que está mais adiantado na aplicação da 2ª dose é Dois Irmãos do Buriti, que já vacinou 70,94% da meta. O município aplicou 1.238 doses pela segunda vez, sendo que a meta de 90% do grupo prioritário é imunizar 1.745 pessoas. A cidade recebeu 1.797 doses.

Também está em ritmo acelerada a vacinação em Nioaque, que já terminou de imunizar 60,18% da meta. Assim, a 2ª dose foi aplicada em 788 pessoas, sendo que o objetivo é vacinar 1.310 cidadãos.

Por fim, em Miranda, 54,23% da meta já recebeu a 2ª dose da vacina contra Covid-19. Das 5.899 pessoas que devem ser vacinadas nessa primeira etapa, 3.199 já receberam o imunizante pela 2ª vez.

Por outro lado, em alguns municípios, a aplicação da 2ª dose não alcançou 10% da meta como em: Anaurilândia (6,08%), Ponta Porã (7%), Taquarussu (7,33%), Douradina (7,71%) e Dourados (9,19%). Campo Grande imunizou 17,03% da meta com a 2ª aplicação.

MS é estado que mais aplicou 2ª dose

Com 36.739 pessoas já vacinadas com a 2ª dose da vacina para Covid-19Mato Grosso do Sul concluiu a vacinação em 1,31% da população do Estado, o maior percentual entre todos os estados do país até este domingo (21).

Conforme os dados do consórcio dos veículos de imprensa, o segundo que mais aplicou a 2ª dose do imunizante em sua população foi Minas Gerais, com 0,84%. Depois, aparece o estado de São Paulo, com 0,81%.

Jornal Midiamax