Cotidiano

Dry scooping: novo desafio nas redes sociais pode oferecer riscos a crianças e adolescentes

Usuários ingerem o shake pré-treino em pó e sem diluição

Mylena Rocha Publicado em 11/10/2021, às 08h50

Especialistas orientam sobre riscos para crianças e adultos.
Especialistas orientam sobre riscos para crianças e adultos. - Reprodução/Redes Sociais

Uma nova ‘trend’ tem chamado a atenção nas redes sociais nos últimos dias. As trends, ou tendências na tradução literal, são desafios que viralizam nas redes e acabam estimulando os outros usuários a experimentar. A trend da vez é o ‘dry scooping’, que aponta supostos benefícios ao ingerir shakes pré-treino sem diluí-los. Contudo, desafio pode oferecer riscos caso sejam feitos por crianças.

No desafio, que virou febre principalmente no TikTok, usuários ingerem o shake pré-treino em pó, sem diluição. Supostamente, a vantagem seria potencializar os efeitos. Contudo, médicos têm alertado sobre os perigos da prática. Os riscos podem ser ainda maiores caso o ‘dry scooping’ seja feito por crianças e adolescentes – que estão muito presentes nas redes sociais e também são influenciados pelos desafios.

A AAP (American Academy of Pediatrics) já fez um alerta para os riscos do desafio. Uma pesquisa foi feita sobre a prática do dry scooping e aponta que suplementos pré-treino contém substâncias que não são recomendadas às crianças.

Pesquisadores ainda alertam que o dry scooping ainda facilita a ingestão de doses maiores do que o recomendado, além do risco de engasgar. O desafio oferece riscos não só para crianças: uma influenciadora de 20 anos já relatou que sofreu um ataque cardíaco e associou ao dry scooping. 

"Tomando um scoop de pré-treino porque eu vi em uma trend do TikTok e acabando em um hospital porque tive um ataque cardíaco".

@brivtny#fypシ♬ Be A Clown - ָ࣪ ۰♥︎ angiehx ࣪𖥔꒷
Jornal Midiamax