Cotidiano

Drive-thru de bike pode? Após confusão, Sesau explica que só não vacina quem chegar a pé

No caso dos pedestres, há outros locais para vacinação, como Guanandizão e Seleta

Mylena Rocha Publicado em 30/07/2021, às 08h59

Drive-thrus podem atender pessoas em todos os tipos de veículos - menos a pé.
Drive-thrus podem atender pessoas em todos os tipos de veículos - menos a pé. - Marcos Ermínio/Midiamax

A vacinação voltou a avançar por faixa etária em Campo Grande e enfim chegou para os mais jovens. Na tarde de quinta-feira (29), uma dupla de ciclistas ficou mais de uma hora e meia na fila, mas ambos foram impedidos de vacinar, pois estavam de bicicleta. Afinal, pode ou não pode ir ao drive-thru de bike?

O caso dos ciclistas aconteceu no drive-thru do Albano Franco. Eles disseram que um funcionário os impediu de vacinar, já que eles estavam de bicicleta. Contudo, tudo seria um mal-entendido. A dupla de ciclistas conta que um dos supervisores do local disse que eles poderiam ficar na fila de bike. 

"O funcionário foi bem rude e disse que não ia nos vacinar, pois o veículo era moto e carro. Nós discutimos um pouco com ele, mas para não perder a vacina, entramos no carro de uma pessoa que vinha atrás e aí sim conseguimos", explicou o designer Pedro Garcia, que estava de bicicleta com seu amigo.

Para quem tem uma bike em casa, a boa notícia é que os ciclistas podem sim ficar na fila da vacinação nos drive-thrus. Em nota, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) reforçou que a pessoa que aparecer com qualquer veículo será atendida. A única exceção é para quem vai até um dos drive-thrus a pé. 

“Uma vez que, por questões de segurança para o pedestre e celeridade, o atendimento é feito somente a quem está em veículos. Para quem não tem como ir até um drive por não ter nenhum veículo, há polos de vacinação onde são atendidas somente pessoas a pé, como a Seleta e o Guanandizão”, informou.

Quem vacina hoje? 

Campo Grande continua a vacinação por faixa etária com a aplicação da primeira dose em pessoas com 31 anos ou mais. Conforme informações divulgadas pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), podem completar o ciclo vacinal aqueles que receberam a primeira dose da Coronavac até o dia 4 de julho. Também deve comparecer aos postos quem recebeu a Astrazeneca até o dia 28 de maio ou a Pfizer até o dia 30 de maio.

Jornal Midiamax