Cotidiano

Dia das Crianças impulsionou vendas em shoppings e MS registrou melhor crescimento do Centro-Oeste

Estado também teve o melhor desempenho comparado com mesma época em setembro

Fábio Oruê Publicado em 27/10/2021, às 14h34

Data comemorativa impulsionou as vendas
Data comemorativa impulsionou as vendas - Foto: Marcos Ermínio/ Jornal Midiamax

O Dia das Crianças, no começo deste mês, impulsionou as vendas em shoppings de Mato Grosso do Sul e fez o Estado registrar o melhor índice de crescimento da região Centro-Oeste, conforme dados da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers).

O levantamento compara os dados da semana que antecedeu a data comemorativa (04/10 a 10/10) com a anterior (27/09 a 03/10). A pesquisa aponta que a maior taxa de crescimento, entre os estados da região, no período, foi registrada em MS (39,5%), seguida por Goiás (28,3%), Mato Grosso (26%) e Distrito Federal (20,1%).

Quando comparado à semana do dia 4 a 10 de outubro com a semana equivalente do mês de setembro (6 a 12), a maior taxa de crescimento de vendas também foi alcançada por MS (9,3%), depois MT (9%), GO (5,7%) e DF (1,8%). O levantamento, obtido por meio do ICVA (Índice Cielo do Varejo Ampliado), contempla apenas o varejo físico nos shoppings. 

Crescimento regional

No geral, as vendas nos shoppings da região Centro-Oeste registraram um crescimento de 38,7% em agosto desde ano, quando comparadas com o mesmo mês do ano passado, segundo dados do ICVS (Índice Cielo de Varejo em Shopping Centers). Apesar da recuperação, os números ainda se encontram 18,4% abaixo dos patamares registrados no mesmo período de 2019, na pré-pandemia.

Em setembro deste ano, dois dos quatro estados da região mantiveram uma rota de crescimento com bons números e ficaram acima da média regional: Mato Grosso (8%) e Goiás (6%).

Por outro lado, MS (-17%) e DF (-12%) não apresentaram um bom desempenho de vendas e tiveram fortes quedas quando comparados com o índice regional.

Os dados da Abrasce indicam que, ainda em setembro de 2021, os shoppings da região seguiram a tendência de recuperação e aproximaram-se do patamar pré-segunda onda (fevereiro deste ano).

Goiás teve o melhor desempenho e ficou apenas 1% abaixo dos resultados obtidos em fevereiro deste ano, Mato Grosso teve o pior desempenho (-7%), seguido de perto por Mato Grosso do Sul (-6%) e o Distrito Federal (-4%).

Jornal Midiamax