Cotidiano

Depois dos amarelos, agora é a vez dos ipês brancos colorirem Campo Grande

Espécie tem florada que dura poucos dias

Aliny Mary Dias Publicado em 04/09/2021, às 08h53

Ipês brancos são os últimos na sequência de cores da florada da espécie
Ipês brancos são os últimos na sequência de cores da florada da espécie - Foto: Marcos Ermínio, Midiamax

Dias depois dos ipês-amarelos darem cor às ruas de Campo Grande e 'bombarem' nas redes sociais com fotos dos mais diferentes ângulos, agora é a vez da espécie com flores brancas encantar a todos. Tão belos e delicados quanto as outras espécies, os brancos têm florada ainda mais difícil de ser admirada, tudo porque ela dura entre dois e cinco dias apenas.

Nas ruas, já é possível ver vários exemplares da árvore expondo sua beleza no tom mais claro. A florada dos ipês segue uma sequência que proporciona um baile de cores para os moradores, primeiro aparecem as árvores com flores roxo e rosa, ainda nas primeiras semanas do inverno, depois é a hora das flores amarelas, considerado símbolo oficial de Mato Grosso do Sul, e do roxo-de-bola, como é chamada a cor mais intensa.

E por fim, no último mês do inverno, setembro, é a vez dos ipês-brancos. De acordo com especialistas em botânica, o que deixa o fim do ciclo dos ipês ainda mais especial é o fato das flores brancas durarem entre dois e cinco dias, dependendo do clima. Pela delicadeza extrema das flores, qualquer ventania ou chuva pode fazer a florada ser ainda mais breve. 

Quando a florada dos brancos chega ao fim, os ipês ficam totalmente sem folhas, apenas com os galhos à mostra, após alguns meses surgem as vagens, que são os frutos dos ipês.

Confira abaixo alguns registros dos ipês-brancos que colorem a Capital, as imagens são do fotógrafo Marcos Ermínio:

Jornal Midiamax