Cotidiano

Curso de jornalismo da Estácio de Sá será fechado e notícia pega alunos de surpresa

Instituição deu a opção para alunos migrarem para outro curso EAD

Renata Volpe Publicado em 04/06/2021, às 11h18

Polo da Estácio de Sá na TV Morena, em Campo Grande
Polo da Estácio de Sá na TV Morena, em Campo Grande - Divulgação

O curso de Jornalismo da Faculdade Estácio de Sá do Polo TV Morena, em Campo Grande, será fechado e a notícia pegou os alunos de surpresa. Os acadêmicos divulgaram carta de repúdio à instituição.

De acordo com a carta redigida pelos alunos, a decisão foi tomada pela universidade de forma unilateral e revelada para alguns acadêmicos na última segunda-feira (31).

Segunda a carta, os alunos citam esforço, dificuldades, mas que nunca desisitiram. “Inclusive, há alunos que são de outras cidades, como, por exemplo, Sidrolândia e Ribas do Rio Pardo, que entraram na instituição antes do período pandêmico, quando havia ensino presencial”, diz um trecho da nota.

A instituição, ainda conforme relato dos alunos do curso, deu a opção para eles migrarem para o curso de Publicidade e Propaganda, escolham outra universidade ou outro curso EAD. “Vocês, como ninguém, deveriam saber que existem processos, grades curriculares diferentes, temos alunos bolsistas dos mais diversos programas, sem contar que, hoje, Campo Grande oferece pouquíssimas opções de instituições para se cursar Jornalismo”.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria da Faculdade. Em nota, a assessoria da instituição confirmouque o curso de Jornalismo será descontinuado devido à baixa procura, a partir do próximo semestre.

"Aos alunos, a Direção da Unidade ofereceu a possibilidade de migração para o curso de Publicidade e Propaganda, com o aproveitamento de todas as disciplinas e bolsa de 30% até o fim do curso, ou transferência para outro curso de graduação oferecido pela faculdade, também com bolsa até o fim da graduação. A instituição oferece mais de 20 cursos presenciais e mais de 50 na modalidade EAD. Aos alunos que preferirem deixar a instituição, será oferecido todo o suporte documental. A Direção do campus se coloca, ainda, à disposição dos acadêmicos para tirar todas as dúvidas e orientá-los no que for necessário", conclui a nota.

* Alterado às 14h10 para acréscimo de posicionamento da instituição

Jornal Midiamax