Cotidiano

Cufa ajudará IBGE a divulgar Censo 2022 em Campo Grande

Censo será realizado entre junho e agosto do ano que vem

Lucas Mamédio Publicado em 02/12/2021, às 16h26

Tatiana Samper, psicóloga da Cufa; Letícia Polidorio, coordenadora da Cufa Campo Grande; Sylvia Martinez Assad de oliveira, representante do IBGE/Censo 2022.
Tatiana Samper, psicóloga da Cufa; Letícia Polidorio, coordenadora da Cufa Campo Grande; Sylvia Martinez Assad de oliveira, representante do IBGE/Censo 2022. - (Foto: Divulgação)
A Cufa (Central Única das Favelas) de Campo Grande vai ajudar na divulgação do Censo, especialmente ao informar aos moradores das favelas sobre a importância de receber os recenseadores para as entrevistas. 
"É algo inédito para nós e temos, ainda, como missão auxiliar o IBGE a identificar as favelas da Capital. A estimativa é que sejam visitados mais de 354 mil domicílios em Campo Grande", explica a coordenadora Letícia Polidorio.
Existe a possibilidade, também, da sede da Cufa, localizada no Jardim São Conrado, ser um ponto de apoio para os trabalhos do IBGE em MS.
No encontro de hoje participaram a coordenadora Letícia, a psicóloga da Cufa, Tatiana Samper, e a voluntária Kênia Arce.
Jornal Midiamax