Cotidiano

Confirmado: confira os novos valores do PIS-PASEP, seguro-desemprego e benefícios do INSS

Eles são baseados no valor do salário mínimo, que passa a ser de R$ 1.210

Gabriel Maymone Publicado em 31/12/2021, às 10h01

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Divulgação

Com a publicação da MP (Medida Provisória) que fixa o salário mínimo em R$ 1.212 a partir de 1º de janeiro, o valor de diversos benefícios do governo também terão aumento.

Serão reajustados PIS-PASEP, seguro-desemprego, benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) entre outros.

O abono salarial do PIS-PASEP é pago com base no valor do salário mínimo do ano vigente. Assim, o que será pago em 2022 terá o novo valor de R$ 1.210 como base.

É importante ressaltar que o valor é calculado conforme os meses trabalhados no ano-base, ou seja, se você trabalhou apenas 3 meses, irá receber R$ 302,50.

Já aqueles que trabalharam os 12 meses do ano-base irão receber o novo mínimo, conforme calendário do PIS-PASEP 2022.

Vale lembrar que para ter direito ao abono salarial é necessário estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos, ter recebido uma remuneração média mensal de até dois salários mínimos e ter trabalhado pelo menos um mês no ano-base.

Seguro-desemprego

O valor do seguro-desemprego também passará por reajuste e será de R$ 1.210, já que a legislação federal determina que nenhum beneficiário pode receber valor abaixo do salário mínimo vigente.

O cálculo do seguro-desemprego considera a média dos três últimos salários do trabalhador. Assim, muitos trabalhadores conseguem receber um benefício com valor superior ao mínimo. Vale lembrar que o teto do seguro-desemprego ainda não foi confirmado pelo governo

INSS

Segurados do INSS que recebem valor de 1 salário mínimo - atualmente em R$ 1.100 - passarão a receber o novo salário mínimo de R$ 1.210 a partir do pagamento referente a janeiro.

Já os segurados que recebem mais de um salário, o reajuste será com base no INPC, que fecha em alta de 10,18%, sendo assim, para verificar o valor exato a receber caso ganhe mais de um salário mínimo, basta aplicar um aumento de 10,18% frente ao valor que atualmente recebem.

Jornal Midiamax