Cotidiano

Como evitar cair em golpes do What'sApp? Confira

Um dos mais comuns é o criminoso que se passa por amigo e pede dinheiro

Fábio Oruê Publicado em 02/04/2021, às 18h49

Estelionatários tem um padrão para roubar contas de vítimas
Estelionatários tem um padrão para roubar contas de vítimas - Foto: Arquivo/ Jornal Midiamax

A principal fechamenta de mensagens do Brasil também é alvo constante de hackers que aplicam golpes em seus usuários. Quem não tem um conhecido que teve seu aplicativo burlado e começou a 'pedir' dinheiro para os contatos? A prática tem se tornado comum e a seguir vão algumas dicas para evitar cair nas armadilhas de estelionatários.

Para sequestrar a conta do What'sApp e aplicar golpes nos contatos, normalmente os criminosos ligam para a vítima aporveitando de informações levantadas anteriormente ou simulando pesquisas e promoções. Ao final da conversa sempre solicitam um código de verificação ou de segurança que você receberá no mensagem no celular, mas nunca se deve passar este número. 

Após conseguirem o código, os criminosos instalam o aplicativo em outro aparelho e começam a usá-lo se passando pelo proprietário do número e pedir dinheiro os contatos. 

Como se proteger?

A melhor proteção é ativar a verificação em duas etapas e cadastrar um email de recuperação. Para isso, basta ir nas configuraçãos do What'sApp e clicar em 'Conta', selecionando a opção 'Confirmação em duas etapas'. Neste momento você irá cadastrar a sua conta de email e criar o código de segurança com seis dígitos. 

Também é recomendado rever as configurações de privacidade evitando que pessoas que não estejam em seus contatos vejam a sua foto e informações de perfil. Além de não fornecer nenhum código recebido por SMS para outras pessoas. 

"Cai no golpe. O que fazer?"

Primeiro solicite imediatamente o bloqueio da sua conta enviando um email para 'support@whatsapp.com', com a seguinte frase no corpo do email: "Perdido/ Roubado: Por favor, desative minha conta", informando também o número cadastrado no formato internacional (+55 67 9 xxxx-xxxx). Se identifique e descreva o momento que perdeu o acesso à conta. 

A conta então será bloqueada temporariamente e permanecerá desativada por 30 dias. A partir do dia seguinte ao bloqueio solicitado já é possível reativar o What'sApp e utilizar normalmente o aplicativo. 

Jornal Midiamax