Cotidiano

Com projeto de R$ 400 mil, prédio será sede da Gerência de Trânsito e Central de Monitoramento

Equipe da Guarda vai ficar num prédio melhor centralizado

Imagem mostra projeto de como deve ficar o prédio após as reformas
Imagem mostra projeto de como deve ficar o prédio após as reformas - Divulgação

O projeto para reforma do prédio que vai abrir a Gerência de Fiscalização de Trânsito da Guarda Civil Metropolitana, de Campo Grande, está avaliado em R$ 400 mil. No local também está prevista a instalação de uma central de monitoramento.

Conforme noticiado mais cedo, a União cedeu um imóvel avaliado em R$ 900 mil ao município operacionalização da Gerência. O extrato de dispensa de licitação foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (29).

O prédio fica na Rua Doutor Temistócles, nº 64, no centro, e tem um terreno de 776,22 metros quadrados e área construída de 296,69 metros quadrados. Atualmente a gerência está instalada nas imediações do Jardim Seminário.

Com o novo prédio à disposição, a unidade vai ficar melhor centralizada, já que atende a todas as regiões da Capital. Assim, vai dar mais agilidade no deslocamento das equipes. Ao todo, serão R$ 800 mil investidos.

Deste montante, R$ 150 mil são para as obras de reforma e R$ 250 mil para aquisição de equipamentos de informática e mobília. A Gerência realiza blitz e participa de outras ações de fiscalização e controle do trânsito em Campo Grande.

Jornal Midiamax