Cotidiano

Pandemia faz procura por planos funerários aumentar até 40% em Campo Grande

Pessoas começaram a 'pensar no assunto' e procuram por planejamento

Fábio Oruê Publicado em 14/05/2021, às 15h08

Planejamento funerário virou realidade para muitas famílias
Planejamento funerário virou realidade para muitas famílias - Foto: Leonardo de França/ Arquivo/ Jornal Midiamax

A covid-19 fez a população mundial enfrentrar de frente a morte. Seja através de familiares, conhecidos ou pelo noticiário, todo mundo teve que viver essa nova realidade. Por conta disso, funerárias em Campo Grande registraram um aumento na procura por planos funerários. 

"É uma preocupação que a maioria não tinha mas agora tem. Quem não tinha plano, está procurando", disse Camila de Queiroz, da Pax Real, ao Jornal Midiamax. A empresa, segundo ela, teve um aumento de 40% na demanda de procuras durante a pandemia.

Na Pax Nipo Brasileira a situação é a mesma sobre o aumento da procura. Conforme Daniela Santana, do grupo Nipon, há também bastante casos em que as pessoas procuram pelos planos quando quando algum familiar já está com estado de saúde grave ou morte iminente.

Mas também tem aqueles casos onde a possibilidade 'assombra' a cabeça da pessoa. "Sempre em conversas com clientes eles falam que é bom se precaver por conta da pandemia", revelou ela à reportagem.

Já na Pax Canaã, a demanda de atendimento por conta da mortes aumentou em 50% de 2020 para 2021. "Esse ano está pior do que o ano passado", disse Wilson de Oliveira ao Jornal Midiamax.  

No caso da procura, o aumento foi pouco. "Não chega a 10%. É só naqueles casos em que a família está doente", contou ele. 

Jornal Midiamax