Cotidiano

Com mais de 100 apreensões, PMA prorroga operação 'Big Fish I'

Policias detectaram vários focos de pesca ilegal

Ranziel Oliveira Publicado em 05/04/2021, às 12h46

None
Fiscalização encontra rede ilegal (Foto: Divulgação / PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prorrogou a operação Semana Santa com objetivo de fiscalizar as atividades que trabalham de alguma forma com recursos pesqueiros, na operação denominada Big Fish I/21.

Iniciada na quarta-feira (31) às 8h00, com previsão de duração até 8h00 de hoje (5). A operação será prorrogada por mais um dia e agora terminará às 8h00 de amanhã (6). Os motivos são porque os Policiais detectaram um número grande de pescadores nos rios e, pior, vários praticando pesca ilegal.

Outro motivo da prorrogação é a grande quantidade de redes de pesca, anzóis de galho e espinheis (petrechos proibidos) que estão sendo encontrados e retirados dos rios, com mais de 100 redes já retiradas e apreendidas, quando vários peixes que estavam presos aos petrechos ilegais foram soltos.

Outros Crimes

Além disso, os Policiais das 26 Subunidades, que estão trabalhando com os demais crimes e infrações ambientais estão encontrando muitas irregularidades contra a fauna e flora.

Jornal Midiamax