Cotidiano

Com inscrições abertas, Vale Universidade tem 1,5 mil vagas para estudantes

O período para inscrição no Programa Vale Universidade começou na quarta-feira (17) e está, neste processo seletivo de 2021, trazendo 5,1 mil vagas para acadêmicos em Mato Grosso do Sul. As inscrições vão até o dia 8 de abril. “Sabemos que o Vale Universidade é muito aguardado pelos acadêmicos de MS. Recomendo muita atenção na […]

Fábio Oruê Publicado em 21/03/2021, às 20h05

Vale Universidade (Foto: Arquivo/ Sedhast)
Vale Universidade (Foto: Arquivo/ Sedhast) - Vale Universidade (Foto: Arquivo/ Sedhast)

O período para inscrição no Programa Vale Universidade começou na quarta-feira (17) e está, neste processo seletivo de 2021, trazendo 5,1 mil vagas para acadêmicos em Mato Grosso do Sul. As inscrições vão até o dia 8 de abril.

“Sabemos que o Vale Universidade é muito aguardado pelos acadêmicos de MS. Recomendo muita atenção na hora do preenchimento dos dados para que tudo ocorra bem e cada interessado tenha seus dados enviados corretamente. O prazo está aberto e é hora de aproveitar a oportunidade”, reforça a titular da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Elisa Cleia Nobre.

No Vale Universidade o Governo do Estado paga até 70% do valor da mensalidade na universidade conveniada, e a instituição oferece dedução de mais 20%, totalizando 90% de incentivo, cabendo ao acadêmico os 10% restantes.

Dentre os requisitos exigidos pela resolução publicada a partir da página 17 do Diário Oficial do Estado (DOE/MS) 10.416, por exemplo, está que poderá se inscrever no programa o acadêmico que comprove renda individual a dois salários mínimos e meio e renda familiar mensal não superior a quatro salários mínimos, considerada a renda bruta, como também deve estar matriculado nos cursos de graduação presencial, reconhecidos nos termos da legislação vigente, mantidos por instituição de ensino superior pública ou privada, sediada no Estado de Mato Grosso do Sul e conveniada ao Programa, bem como não possuir outro curso de graduação de nível superior e ainda ter residência fixa no Estado de Mato Grosso do Sul há mais de dois anos.

Também no site da Sedhast, além de realizarem a inscrição no processo seletivo, os candidatos podem acompanhar todas as publicações sobre o processo de inscrição e seleção, que segue até às 16h do dia 8 de abril.

Jornal Midiamax