Cotidiano

Com 506 casos novos e 23 mortes, MS tem 358,4 mil infectados pela covid

Estado tem 486 pacientes internados, menor número registrado em cinco meses

Mylena Rocha Publicado em 05/08/2021, às 10h50

Estado tem menos de 500 internados, a última vez que isso aconteceu foi em fevereiro.
Estado tem menos de 500 internados, a última vez que isso aconteceu foi em fevereiro. - Ilustrativa/Henrique Arakaki

Mato Grosso do Sul já soma 358.410 casos confirmados de Covid-19, com 506 novos registros nesta quinta-feira (5). Foram registradas mais 23 mortes, conforme boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). 

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 9.026 mortes desde o início da pandemia. As novas mortes foram registradas nas seguintes cidades: Campo Grande (15), Água Clara (1), Dourados (1), Ivinhema (1), Miranda (1), Nova Andradina (1), Paranaíba (1), Rio Brilhante (1) e Selvíria (1). 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 1.002.659 casos notificados, dos quais 635.904 foram descartados. Há 1.156 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 7.189 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Campo Grande à frente, com 145 novos casos, seguida por Dourados (48), Chapadão do Sul (41), Três Lagoas (34), Costa Rica (25), Paranaíba (25), Corumbá (23), Ribas do Rio Pardo (13), Bonito (12), Maracaju (11), entre outros. Confira o boletim aqui. 

Internações em MS

De 358.410 casos confirmados em MS, 344.771 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 486 pacientes internados. Destes, 216 estão em leitos clínicos (161 públicos e 55 privados) e 270 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 208 estão em leitos públicos e 62 em privados. 

Os dados mostram uma melhora significativa nas últimas semanas com relação às internações. A última vez que Mato Grosso do Sul registrou um quantitativo de internados menor do que 500 foi no dia 20 de fevereiro, há mais de cinco meses. No dia 5 de julho, MS tinha 715 leitos ocupados por pacientes com covid. Os dados mostram uma queda de 32% das internações em um mês em MS. 

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 76% em Campo Grande, 57% em Dourados, 54% em Três Lagoas e 52% em Corumbá.

Jornal Midiamax