Cotidiano

Com 40% dos profissionais vacinados, Saúde quer evitar ‘desfalques’ na linha de frente em MS

Prioridade na vacinação contra o coronavírus, profissionais da Saúde de Mato Grosso do Sul já começaram a ser imunizados. De acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), a escolha deve refletir na diminuição dos desfalques causados por mortes de trabalhadores da linha de frente.  Nesse primeiro momento o Estado espera imunizar 40% dos […]

Dândara Genelhú Publicado em 28/01/2021, às 07h52 - Atualizado às 12h31

(Foto: Ilustrativa/ Henrique Arakaki, Midiamax)
(Foto: Ilustrativa/ Henrique Arakaki, Midiamax) - (Foto: Ilustrativa/ Henrique Arakaki, Midiamax)
Prioridade na vacinação contra o coronavírus, profissionais da Saúde de Mato Grosso do Sul já começaram a ser imunizados. De acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), a escolha deve refletir na diminuição dos desfalques causados por mortes de trabalhadores da linha de frente. 
Nesse primeiro momento o Estado espera imunizar 40% dos trabalhadores de Saúde. Estes são profissionais que atuam diretamente em contato com pessoas infectadas por coronavírus.
Assim, parte desses trabalhadores já tomara a primeira dose da Coronavac, vacina contra o coronavírus. O imunizante demonstrou eficácia de até 100% em casos graves e 78% em casos moderados a leve.
Ao Jornal Midiamax, a secretária-adjunta de Saúde Cristhinne Maymone destacou que o Estado aposta nas comprovações científicas no imunizante. “A nossa perspectiva é que os trabalhadores de saúde que estão mais expostos com sintomáticos e assintomáticos possam não vir a se contaminar com tanta facilidade”, afirmou. 
Jornal Midiamax