Cotidiano

Cidade com maior letalidade do Estado é a 2ª que menos vacinou contra Covid-19

Com apenas 31,85% das doses aplicadas, Japorã é o segundo município de Mato Grosso do Sul que menos vacinou moradores contra a Covid-19.

Dândara Genelhú Publicado em 19/02/2021, às 18h04

Vista aérea de Japorã (Foto: Divulgação/Prefeitura de Japorã)
Vista aérea de Japorã (Foto: Divulgação/Prefeitura de Japorã) - Vista aérea de Japorã (Foto: Divulgação/Prefeitura de Japorã)

Com apenas 31,85% das doses aplicadas, Japorã é o segundo município de Mato Grosso do Sul que menos vacinou moradores contra a Covid-19. A cidade, a 466 km de Campo Grande, tem a maior letalidade de coronavírus do Estado.

Assim, líder no ranking de letalidade da Covid-19 no Estado desde dezembro, a doença é 4,8% letal na cidade. Os dados utilizados na matéria são da SES (Secretaria de Estado de Saúde), publicados nesta sexta-feira (19).

Lembrando que a letalidade é calculada com o número de mortes divido pela quantidade de casos confirmados. Ou seja, dos 63 infectados em Japorã, três faleceram devido ao coronavírus. De acordo com os microdados, todas as vítimas fatais tinham comorbidades, sendo duas idosas e uma com idade entre 50 e 59 anos.

Então, o município recebeu 5.369 doses de vacinas contra a Covid-19, distribuídas pela SES. Entretanto, apenas 1.710 foram aplicadas nos moradores. No entanto, são 1.352 pessoas imunizadas em Japorã, pois 358 unidades são da segunda dose.

Com isso, 86 idosos a partir de 80 anos e outros 30 que vivem em instituições foram vacinados no município. São 98 trabalhadores da Saúde imunizados e desses 68 já receberam a segunda dose da vacina. Por fim, a gestão municipal vacinou 1.138 indígenas que moram em aldeias, sendo que 290 receberam o reforço do imunizante.

Jornal Midiamax