Cotidiano

Chuvas deixam comunidade quilombola isolada e prejuízo passa de R$ 1 milhão em Corguinho

A intensa chuva ocorrida na tarde de terça-feira (16) deixou comunidades quilombolas de Corguinho, a 100 km de Campo Grande, isoladas. Na região, 6 pontes que dão acesso aos locais foram danificadas e a prefeitura calcula prejuízo que ultrapassa R$ 1 milhão. “Vamos decretar estado de emergência, pois não tem condições de arrumar rápido, pedimos […]

Gabriel Maymone Publicado em 17/02/2021, às 09h08 - Atualizado às 18h06

Momento em que moradores resgatam criança que estava presa em água invadida pela água em Corguinho. (Imagem: Reprodução)
Momento em que moradores resgatam criança que estava presa em água invadida pela água em Corguinho. (Imagem: Reprodução) - Momento em que moradores resgatam criança que estava presa em água invadida pela água em Corguinho. (Imagem: Reprodução)

A intensa chuva ocorrida na tarde de terça-feira (16) deixou comunidades quilombolas de Corguinho, a 100 km de Campo Grande, isoladas. Na região, 6 pontes que dão acesso aos locais foram danificadas e a prefeitura calcula prejuízo que ultrapassa R$ 1 milhão.

“Vamos decretar estado de emergência, pois não tem condições de arrumar rápido, pedimos que as pessoas tenham calma”, declarou a prefeita, Marcela Lopes (PSDB), acrescentando que, até o momento, a prefeitura já identificou duas famílias que perderam os móveis e precisam de ajuda.

As equipes da prefeitura ainda realizam o balanço do que foi danificado, mas as informações iniciais são de que foram 6 pontes destruídas e tubulação de água prejudicada.

“ Há 39 anos que vivo aqui e nunca vi uma situação assim, que desespero. Não houve perda humana, mas os danos são muito grandes”, lamentou a prefeita de Corguinho, Marcela Lopes.

Durante o temporal, o córrego principal subiu de nível e invadiu cerca de 10 casas na comunidade Furnas da Boa Sorte. Em uma das residências, a água atingiu altura de 1,7 m. “Uma criança de 6, 7 anos ficou presa na casa, mas os vizinhos conseguiram resgatá-la com uma corda”, contou Antônio Lopes Santana, que já foi secretário de obras do município e acompanha a situação.

Conforme Antônio, com as pontes danificadas, cerca de 68 famílias que vivem na comunidade estão isoladas. “A comunidade, no geral, ficou sem acesso, sem ter como ir para a cidade”, informou.

Corguinho
Uma das pontes que dá acessa a comunidades quilombolas em Corguinho que ficou destruída. (Foto: Fala Povo, Midiamax)

Resgate de criança

Vídeo mostra o resgate de uma criança que estava dentro da casa que estava com água a 1,7 m de altura. Para o resgate, os moradores precisaram utilizar cordas para puxar a menina.

Em outras imagens, é possível ver um grupo tentando entrar em uma residência para tentar salvar alguns móveis, mas sem sucesso.

Veja o vídeo:

Jornal Midiamax