Cotidiano

Atenção: Corte de energia por falta de pagamento volta a acontecer em MS

Concessionária descarta corte em massa e pede que clientes realizem renegociação

Gabriel Neves Publicado em 01/10/2021, às 12h16

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - (Foto: Arquivo/Midiamax)

O corte de energia por falta de pagamento no caso dos consumidores de baixa renda volta a ser permitido a partir desta sexta-feira (1°) em todo o Brasil, incluindo Mato Grosso do Sul. Em abril a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) suspendeu o corte para os beneficiários da tarifa social em razão da crise provocada pela pandemia do coronavírus.

A Energisa afirma que seguirá as normas determinadas pela Agência, ou seja, com a não prorrogação da resolução, o corte voltará a ocorrer nas residências atendidas pela concessionária. Apesar disso, a empresa negou corte em massa e afirma que cada cliente, em caso de corte, será avisado com 15 dias de antecedência.

Em nota, a Energisa explica que está oferecendo condições de parcelamento para seus clientes, incluindo os inscritos na tarifa social de baixa renda. Serão oferecidos descontos de até 40% para pagamentos à vista, ou parcelamento pelo cartão de crédito em até 24 vezes.

Ainda em nota, a empresa afirma que a negociação pode ser feita sem sair de casa e evita o corte de energia. Além disso, os clientes inscritos no programa de tarifa social devem também manter o cadastro em dia para que possam garantir o benefício.

A empresa também orientou os clientes a entrarem em contato por meio do whatsapp (67) 99980-0698 e pelo aplicativo Energisa ON.

Jornal Midiamax