Cotidiano

Saiba onde e quem pode se vacinar contra Covid-19 em Campo Grande neste domingo

Pessoas com comorbidades precisam apresentar laudo médico

Danielle Errobidarte Publicado em 01/05/2021, às 17h48 - Atualizado às 17h50

None
(Foto: Henrique Arakaki)

Neste domingo (2), Campo Grande terá apenas cinco pontos de vacinação contra a Covid-19. A primeira dose da vacina Covishield (Universidade de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz) será aplicada apenasnos drive-thrus (Ayrton Senna, Albano Franco e Hospital Cassems), no Ginásio Guanandizão e no IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande).

O público alvo continua o mesmo dos dias anteriores:

  • pessoas com comorbidades com 55 anos ou mais – é necessário levar laudo de comprovação –;
  • trabalhadores da educação e profissionais de assistência social com 50 anos ou mais;
  • trabalhadores de transporte coletivo urbano, rodoviário, da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos com 18 anos ou mais;
  • trabalhadores da saúde com 30 anos ou mais.

Para os drive-thru, é obrigatório o preenchimento do cadastro no site da Prefeitura. Faça seu cadastro clicando aqui. Os locais de vacinação Ayrton Senna, Albano Franco, Guanandizão e Cassems funcionam das 7h30 às 17h, e o IMPCG das 7h30 às 16h30.

Se você já havia feito seu cadastro prévio em outra categoria que não está no plano de imunização deste domingo, mas se encaixou em um dos critérios do calendário após o cadastro, é necessário mudar o público alvo no sistema da prefeitura. Por exemplo, se foi aberto cadastro para sua faixa etária, mas você possui uma das comorbidades listadas, deve fazer a troca.

Veja a lista de comorbidades inclusas nesta etapa:

  • Diabetes mellitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial estágio 3;
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonares e Hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias;
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos;
  • Hemoglobinopatias graves;
  • Obesidade mórbida Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40;
  • Cirrose hepática.
Jornal Midiamax