Cotidiano

Após ser resgatada de bueiro, Lalá não resiste a ferimentos e morre

Lalá, a filhote de vira-lata que havia sido resgatada de um bueiro na Vila Nasser no final da manhã deste domingo (3), não resistiu aos ferimentos e morreu no início desta tarde. A informação foi confirmada por Douglas Sobrinho, 26 anos, motorista de aplicativo e tutor da Lalá. “Ela morreu a caminho da clínica veterinária. […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 03/01/2021, às 14h48 - Atualizado em 04/01/2021, às 07h39

Lalá estava assustada e com um ferimento na cabeça após o resgate | Foto: Marcos Ermínio, Midiamax
Lalá estava assustada e com um ferimento na cabeça após o resgate | Foto: Marcos Ermínio, Midiamax - Lalá estava assustada e com um ferimento na cabeça após o resgate | Foto: Marcos Ermínio, Midiamax

Lalá, a filhote de vira-lata que havia sido resgatada de um bueiro na Vila Nasser no final da manhã deste domingo (3), não resistiu aos ferimentos e morreu no início desta tarde. A informação foi confirmada por Douglas Sobrinho, 26 anos, motorista de aplicativo e tutor da Lalá.

“Ela morreu a caminho da clínica veterinária. Estava sangrando pelo nariz. Quando a gente chegou, o veterinário disse que por conta da queda, ela se machucou e teve hemorragia interna. Ela já chegou com o tórax inchado e com a gengiva branca”, detalhou o rapaz.

Lalá, uma fêmea de vira-lata de cerca de 2 meses, caiu num bueiro nesta manhã e foi vista por um vizinho, após outro cachorro latir para a boca de lobo. Os bombeiros foram acionados, mas não conseguiram fazer o resgate. Seguindo orientações, Douglas seguiu observando e quando voltou a ouvir Lalá, desceu pela boca de lobo para fazer o resgate.

Douglas é casado e tem uma filha de 10 meses. Segundo o rapaz, Lalá era a mais serelepe, tanto que já tinha fugido uma vez e ficado 4 dias perdida, sendo reencontrada após uma postagem no Facebook. “Agora só sobrou a irmãzinha dela para fazer a alegria”, lamentou.

Jornal Midiamax