Cotidiano

Após fugir, Sócrates foi picado por escorpião e família pede ajuda para continuar tratamento

A família do pequeno Sócrates, um cão de um ano e sete meses, pede ajuda para continuar o tratamento do animal que, há dez dias, está internado em uma clínica veterinária. É que após fugir de casa, Sócrates foi picado por algum bicho peçonhento, no bairro Indubrasil, em Campo Grande. Segundo a família, o cachorro […]

Renata Fontoura Publicado em 16/01/2021, às 08h19 - Atualizado às 14h22

Sócrates foi encontrado com ferimentos no focinho e pescoço - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax
Sócrates foi encontrado com ferimentos no focinho e pescoço - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax - Sócrates foi encontrado com ferimentos no focinho e pescoço - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax
A família do pequeno Sócrates, um cão de um ano e sete meses, pede ajuda para continuar o tratamento do animal que, há dez dias, está internado em uma clínica veterinária. É que após fugir de casa, Sócrates foi picado por algum bicho peçonhento, no bairro Indubrasil, em Campo Grande.
Segundo a família, o cachorro fugiu de casa no dia 6 de janeiro e foi encontrado no mesmo dia, mas com ferimentos no focinho e no pescoço. “Ele ficou todo inchado. Bem judiado”, lembra Paola Pires, de 27 anos, tutora de Sócrates. Já na clínica, o médico veterinário afirmou que o animal, provavelmente, foi picado por um escorpião.
Após fugir, Sócrates foi picado por escorpião e família pede ajuda para continuar tratamento
O pet está internado há 10 dias – Foto: Arquivo Pessoal
Atualmente, ele está internado na clínica Santo Amaro e já passou por várias transfusões de sangue. O veneno do aracnídeo afetou seus rins, fígado e baço. “O tratamento custa caro. Só a diária da internação custa R$ 130 e fora os exames”, explica Paola.

Então, para a recuperação do pet continuar, a jovem decidiu criar uma vaquinha on-line. Para acessar e ajudar, basta clicar aqui.

Além dela, Paola também disponibiliza sua conta bancária:

  • BANCO SANTANDER
  • AGÊNCIA: 1660
  • CONTA CORRENTE: 01019769-0
  • CPF: 050.517.301-83
  • CONTATO: (67) 99914-9890 e (67) 99339-1990

Fala Povo – o WhatsApp do Jornal Midiamax

As imagens foram enviadas ao Fala Povo, o WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.
Jornal Midiamax