Cotidiano

Após ação penal contra Reinaldo ser desmembrada, processo ‘para’ no MPMS. Leia no Midiamax Diário

Governador, que tem foro privilegiado, viu denúncia seguir no STJ; demais réus viram o Ministério Público segurar ação

Humberto Marques Publicado em 03/08/2021, às 07h00

Edição impressa é distribuída gratuitamente em terminais de ônibus e em mais de 40 pontos da cidade
Edição impressa é distribuída gratuitamente em terminais de ônibus e em mais de 40 pontos da cidade - Reprodução

A manchete do Midiamax Diário desta terça-feira (3) mostra a paralisia na tramitação de ação penal contra o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), especificamente em relação aos réus que não têm foro privilegiado e respondem a acusações como corrupção passiva e lavagem de dinheiro, decorrente de esquema que teve a participação do Grupo JBS. Advogados relatam que o caso parou no Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

A versão impressa do Jornal Midiamax traz também notícia sobre novas mortes atribuídas a justiceiros na fronteira. Desta vez, dois primos foram executados com cerca de 30 disparos em Pedro Juan Caballero, novamente sendo deixado ao lado das vítimas recados ameaçando autores de roubos e furtos.

A edição também aborda o retorno às aulas na Rede Estadual de Ensino, sob desconfiança de pais, e o mau preparo do transporte coletivo, que enfrentou superlotações ao longo da segunda-feira (2) — quando servidores municipais também retornaram ao batente. O Consórcio Guaicurus não sinalizou, até então, colocar mais veículos nas ruas.

Distribuído gratuitamente nos terminais de ônibus e em mais de 40 pontos na periferia, o Midiamax Diário também pode ser consultado em sua versão online, disponível logo abaixo ou na banca virtual Issuu.

Jornal Midiamax