Cotidiano

Após 90 dias, hospital particular de Campo Grande volta a ter paciente em estado grave em UTI Covid

Paciente internado não se vacinou com nenhuma dose da vacina contra o vírus

Mariane Chianezi Publicado em 27/11/2021, às 13h44

None
Divulgação

Em Campo Grande, o hospital da Cassems voltou a ter internação de paciente em estado grave em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) após 90 dias de leitos desocupados. Mato Grosso do Sul soma 378.445 casos de Covid-19, com 61 novas confirmações e não há novos óbitos.

Conforme publicado pelo presidente da Cassems nas redes sociais, Ricardo Ayache, o paciente tem 40 anos e não havia tomado nenhuma dose da vacina contra o coronavírus.

“Infelizmente, no dia de hoje, acabamos de internar o primeiro paciente com covid após 90 dias, em estado grave, necessitando de suporte ventilatório. Faço esse alerta, por conta do aumento no número de casos e variantes. Peço que procurem se vacinar, porque isso é fundamental para superar de uma vez por todas essa pandemia”, disse Ayache.

Casos em MS

Mato Grosso do Sul soma 378.445 casos de Covid-19, com 61 novas confirmações nesta sexta-feira (26). Os registros são referentes aos últimos dois dias, já que o boletim não é mais divulgado diariamente. Não foram registradas novas mortes, conforme boletim epidemiológico do coronavírus da SES (Secretaria de Estado de Saúde). MS tem uma média móvel de 108,9 infectados e 1,1 mortes por dia.

Sem novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS continua em 9.677 mortes desde o início da pandemia. A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 1.107.006 casos notificados, dos quais 728.313 foram descartados. Há 48 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 200 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Dourados à frente, com 15 novos casos, seguida por Campo Grande (12), Corumbá (11), Amambai (7), Cassilândia (6), Sidrolândia (6), Tacuru (4), Bataguassu (3), Iguatemi (3), Nova Andradina (3), Ribas do Rio Pardo (3), Bela Vista (2), Chapadão do Sul (2), entre outros. Confira o boletim aqui. 

De 378.445 casos confirmados em MS, 367.784 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 55 pacientes internados. Destes, 29 estão em leitos clínicos (27 públicos e 2 privados) e 26 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 24 estão em leitos públicos e dois em privados. A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 54% em Campo Grande, 64% em Dourados, 40% em Três Lagoas e 41% em Corumbá.

Jornal Midiamax