Cotidiano

Além da testagem, barreira sanitária disponibiliza vacinas para visitantes que chegam a Campo Grande

Barreira começou a funcionar nesta semana e é estratégia contra variante Ômicron

Mylena Rocha Publicado em 08/12/2021, às 14h51

None
Divulgação/PMCG

A barreira sanitária no aeroporto não oferece somente testes de covid para o visitantes, mas passa a ofertar também doses de vacina contra a doença em Campo Grande. A vacinação acontece no período de funcionamento da barreira, das 8 horas às 23 horas.

A atuação da barreira sanitária começou nesta semana, com a estratégia de orientar, testar e vacinar os visitantes que chegam à Capital. “A intenção é oportunizar o acesso à vacina para aquelas pessoas que estão chegando na nossa cidade ou indo ao aeroporto buscar um familiar”, destaca o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

Além da vacinação, os passageiros recebem orientações sobre o coronavírus e podem fazer o teste para a detecção da doença gratuitamente. O objetivo é identificar pessoas de outros estados e países que possam estar contaminados com o coronavírus.

De acordo com o secretário de saúde, a intenção é monitorar os passageiros para evitar a disseminação de novas variantes, como a Ômicron. “Mesmo que os números de casos, internações e óbitos estejam estáveis, é necessário medidas estratégicas como esta para manter sob controle a situação da pandemia em nossa cidade”, reforça.

Na barreira sanitária, os técnicos da Sesau fazem a abordagem e a triagem inicial do passageiro na sala de desembarque e o direcionam para o local onde é realizado o teste de antígeno (Swab), que fica pronto de 15 a 20 minutos e possui alto grau de confiabilidade.

Enquanto aguarda o resultado, o passageiro receberá orientações sobre a importância da manutenção das chamadas medidas não farmacológicas, como uso da máscara, lavagem adequada das mãos e distanciamento social, bem como será verificada a sua situação vacinal. Caso o resultado do teste seja positivo, o passageiro será orientado a ficar em quarentena e passará a ser monitorado pelas equipes do Município.

Jornal Midiamax