Cotidiano

Acordo destina R$ 104 mil para monitorar resíduos de agrotóxicos nas águas de MS

Acordo de cooperação foi firmado entre Embrapa Oeste e Fundapam

Danúbia Burema Publicado em 30/05/2021, às 16h53

None
Rio Dourados é um dos monitorados pela Embrapa. Foto Divulgação

Acordo de cooperação técnica e financeira prevê R$ 104,5 mil para integração de esforços entre os participantes de projeto de Monitoramento dos Resíduos de Agrotóxicos em Águas Superficiais de Mato Grosso do Sul.

Firmado entre a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) do Oeste e a Fundapam (Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária Ambiental), a parceria tem vigência de um ano, de 26 de maiode 2021 a 26 de maio de 2022. 

Conforme publicado no DOU (Diário Oficial da União) da última sexta-feira (28), a integração será feita conforme plano de trabalho já estabelecido.

Pela Embrapa, assinaram o termo como signatários Erica Alves da Silva Bonin e Walder Antonio Gomes de Albuquerque Nunes; e pela Fundapam Simone Rodrigues dos Santos Silva. O extrato do acordo de cooperação pode ser conferido clicando aqui

Jornal Midiamax