Cotidiano

Volta às aulas presenciais em Campo Grande será novamente discutida

A Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, realiza na próxima semana uma nova audiência pública virtual para discutir o possível retorno das aulas presenciais em escolas públicas de Campo Grande. O debate será coordenado pelo NAE (Núcleo de Ações Institucionais e Estratégicas) e Nudeca (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos de Crianças […]

Karina Campos Publicado em 16/09/2020, às 14h15 - Atualizado às 16h41

Imagem ilustrativa | Reprodução
Imagem ilustrativa | Reprodução - Imagem ilustrativa | Reprodução

A Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, realiza na próxima semana uma nova audiência pública virtual para discutir o possível retorno das aulas presenciais em escolas públicas de Campo Grande.

O debate será coordenado pelo NAE (Núcleo de Ações Institucionais e Estratégicas) e Nudeca (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescente). De acordo com a defensora pública Débora Maria de Souza Paulino, o assunto deve ser apurado com maior amplitude.

“As repercussões do retorno ou não dessa modalidade das aulas para crianças, adolescentes e suas famílias em situação de vulnerabilidade, permitindo-se sua eficaz participação no debate”, disse.

O evento será aberto e pode ser assistido pelo canal da Escola Superior da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul (ESDP-MS) no Youtube, a partir das 14h às 18h, no dia 25 de setembro.

Escolas fechadas

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) decidiu manter as aulas remotas por tempo indeterminado. A resolução foi publicada no Diogrande desta terça-feira (15), após encerramento do recesso de uma semana na rede municipal.

Estudantes da Capital continuam afastados das escolas desde março, por conta da pandemia da Covid-19, o novo coronavírus. Seguindo o modelo da SED (Secretaria Estadual de Educação), mantendo as aulas pela TV e internet.

Jornal Midiamax