Cotidiano

Vítimas de violência podem denunciar crime em farmácias de Campo Grande com “x” nas mãos

Com um “x” desenhado nas mãos ou em um papel, vítimas de violência doméstica, podem denunciar o crime em farmácias de Campo Grande. Ao mostrar o sinal, o atendente do local acionada a polícia para prestar apoio à vítima. A campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, lançada pela prefeitura municipal foi feita em parceria […]

Karina Campos Publicado em 18/06/2020, às 15h32 - Atualizado às 19h35

(Foto: Divulgação PMCG)
(Foto: Divulgação PMCG) - (Foto: Divulgação PMCG)

Com um “x” desenhado nas mãos ou em um papel, vítimas de violência doméstica, podem denunciar o crime em farmácias de Campo Grande. Ao mostrar o sinal, o atendente do local acionada a polícia para prestar apoio à vítima.

A campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, lançada pela prefeitura municipal foi feita em parceria com a Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

O objetivo é abrir mais uma forma de denunciar o agressor e livrar a mulher da violência. O município conta com 85 farmácias na Rede Municipal de Saúde que poderão integrar a campanha como ponto de acolhimento, e mais de quase mil drogarias particulares. Após avisar ao funcionário da farmácia, a Polícia Militar deve ser imediatamente acionada. Os funcionários das unidades que farão parte da campanha serão orientados e treinados em como agir nessas situações.

Conforme a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), existe constatação da subnotificação dos casos de violência doméstica e familiar contra mulheres detectada durante a pandemia do coronavírus nas unidades policiais e judiciárias. Com o isolamento social, as mulheres acabaram ficando confinadas em suas casas com seus agressores, à mercê de toda forma de violência.

Jornal Midiamax