Cotidiano

Jiboia de 2 metros ignora toque de recolher e passeia em cidade de MS

Uma jiboia com mais de dois metros de comprimento deu um susto em moradores de uma residência de Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande, no final da manhã desta quarta-feira (1º). Ela foi flagrada no quintal da casa, localizada no início da estrada Boiadeira, perímetro urbano da cidade. A PMA (Polícia Militar Ambiental) foi […]

Dayene Paz Publicado em 01/04/2020, às 19h03 - Atualizado em 02/04/2020, às 08h50

Cobra foi solta distante da área urbana. Imagem: Divulgação.
Cobra foi solta distante da área urbana. Imagem: Divulgação. - Cobra foi solta distante da área urbana. Imagem: Divulgação.

Uma jiboia com mais de dois metros de comprimento deu um susto em moradores de uma residência de Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande, no final da manhã desta quarta-feira (1º). Ela foi flagrada no quintal da casa, localizada no início da estrada Boiadeira, perímetro urbano da cidade.

A PMA (Polícia Militar Ambiental) foi acionada pelo morador de 35 anos. A serpente foi capturada e colocada em uma caixa de contenção pelos policiais. Como não apresentava ferimentos, ela foi solta em uma vegetação distante do perímetro urbano de Coxim.

Conforme a PMA, a jiboia é pacífica e não é peçonhenta e raramente passa de três metros de comprimento. A cobra alimenta-se principalmente de aves, mamíferos pequenos e lagartos grandes, engolindo a presa pela cabeça. A serpente vive nas florestas densas da América do Sul e passa a maior parte do tempo nas árvores.

Jornal Midiamax