Cotidiano

Solenidade e palestra sobre evolução à luz da Química iniciaram Integra UFMS 2020

A quarta edição do maior evento de Ciência, Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo de Mato Grosso do Sul, Integra UFMS, teve início na manhã de hoje, 5. A solenidade de abertura e a conferência inicial foram transmitidas ao vivo pelo canal da TV UFMS, pela Rádio UFMS e também na página da UFMS no Facebook. Solenidade […]

Diego Alves Publicado em 05/10/2020, às 23h24

(Foto: Divulgação UFMS)
(Foto: Divulgação UFMS) - (Foto: Divulgação UFMS)

A quarta edição do maior evento de Ciência, Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo de Mato Grosso do Sul, Integra UFMS, teve início na manhã de hoje, 5. A solenidade de abertura e a conferência inicial foram transmitidas ao vivo pelo canal da TV UFMS, pela Rádio UFMS e também na página da UFMS no Facebook.

Solenidade

Na abertura do evento, o reitor Marcelo Turine desejou a todos uma semana proveitosa. “É um grande orgulho ver a UFMS inovando a cada dia e também no que tange a dar transparência ao investimento público que é feito na Ciência, Tecnologia e Inovação, especialmente neste mês que agora é referência, é o Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações. Esta é a quarta edição do Integra, um movimento em prol da divulgação dos trabalhos dos nossos estudantes para a sociedade sul-mato-grossense, para o Brasil. Parabenizo a todos os organizadores deste evento e também da Fetec MS, que chega à 10ª edição com a participação de pessoas de mais de 19 estados brasileiros. Com o Integra UFMS e com a Fetec MS estamos colocando um planejamento estratégico para a Universidade auxiliar a educação básica, a ciência brasileira e a formar cada dia mais novos talentos, para que consigamos melhorar nosso Brasil”, afirmou.

A vice-reitora Camila Ítavo também falou sobre o fortalecimento da educação. “É uma alegria estarmos juntos nesse momento, parabenizo a equipe organizadora pela qualidade da programação científica e cultural e desejo que todos aproveitem cada atividade. Nossa meta é fortalecermos o Integra e a Fetec. Nosso sonho é trabalharmos com a rede de todos os municípios e culminarmos nesse grande evento que é o Integra. Para isso contamos com a qualidade, competência, dedicação de todos os nossos professores. Parabenizo a todos que sonham com uma educação melhor, com uma ciência de qualidade e com o desenvolvimento do nosso país. Nossas ações estão diretamente relacionadas ao desenvolvimento, por meio da Educação, da Ciência e da Tecnologia”, disse.

“Agradeço a todos os que trabalharam bastante para este evento acontecer, foram cerca de três meses, muitos desafios e esse é o momento de muita alegria de vermos toda a programação ser realizada. Que essa semana seja muito produtiva para todos, os trabalhos estão como sempre maravilhosos, diversificados. Assistam aos vídeos, leiam os resumos, aproveitem os momentos de live que teremos e divulguem para colegas e familiares. Este formato virtual é bem diferente do que estamos acostumados, gostaríamos de ver todos presencialmente, mas acredito que podemos aproveitar as vantagens também de ser on-line, temos mais tempo para apreciar os trabalhos, por exemplo”, falou Luciana Montera Cheung, coordenadora geral do evento.

O coordenador da Fetec MS e Fetecc MS Jr., Ivo Leite lembrou o início do Integra. “Desde 2011 já tínhamos esse movimento com a educação básica, a Fetec MS, e ao passo que vocês professores e alunos começaram a participar mais, viram que era muito importante como um todo. Em 2017 entendíamos que esse movimento deveria dar um passo maior dentro da Universidade e pensando em como juntar, trazer mais pessoas, alguém falou ‘Integra’. E foi interessante porque em 2017 já estávamos começando o projeto para dois anos depois trazer a SBPC, começamos o ensaio e acredito que o Integra tenha tido papel importante também nisso. Já conquistamos grandes espaços, agradeço e espero que esse projeto tenha continuidade por muitos e muitos anos”.

“Tenho sentimento de gratidão e orgulho pela nossa universidade capitanear a ciência e tecnologia no estado. O Integra é com certeza o maior evento ligado à divulgação científica de MS e um dos maiores do país, congrega todos os nossos programas acadêmicos, incluindo de cultura e esporte, motivo porque fico honrado e muito feliz de participar desse processo”, disse o pró-reitor de Extensão Cultura e Esporte, Marcelo Fernandes.

A abertura do Integra UFMS 2020 teve a presença virtual de pró-reitores, diretores, professores, técnicos administrativos, estudantes e de toda a comunidade. Teve, ainda, a participação do mascote da Universidade, o Capi.

Conferência

O químico e pesquisador da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Marcos Eberlin realizou a conferência inicial do evento. O tema foi “A viabilidade da evolução à luz da Química”.

O palestrante, que é coordenador do Centro de Pesquisas em Ciências, Fé e Sociedade da Universidade Presbiteriana Mackenzie (Discovery-Mackenzie), diretor-presidente da Sociedade Brasileira de Espectrometria de Massa (BrMASS) e da Sociedade Brasileira de Design Inteligente (TDI BRASIL), explorou os cenários postulados de evolução que resultariam na formação do universo, os cenários de evolução química que teriam formado a primeira forma de vida, e os cenários da evolução bioquímica que teriam formado, a partir dessa primeira forma de vida, a diversidade atual.

“A Química é tudo e tudo é Química, e entendemos como o universo e a vida funcionam à luz da Química. Será que à luz da Química podemos entender que realmente evoluímos lenta, gradual e sucessivamente? Será que as moléculas e átomos que formam a vida transmitem em sua mensagem esse conhecimento, um processo natural que criou o universo e a vida?”, indagou. O Integra UFMS 2020 tem continuidade até sexta-feira, 9. A programação completa pode ser acessada no site do evento. (Informações da assessoria)

Jornal Midiamax