Cotidiano

Shoppings reabrem com aferição de temperatura, pouco movimento e muitas lojas fechadas

Dois shoppings reabriram as portas neste sábado (18) depois de quase um mês fechados devido à pandemia de coronavírus em Campo Grande. Com termômetros e álcool em gel nas entradas, os estabelecimentos cumpriram com as regras de segurança, mas a movimentação foi tranquila nesta tarde. Em um dos shoppings abertos, o Norte Sul Plaza, as […]

Mylena Rocha Publicado em 18/04/2020, às 15h54 - Atualizado em 19/04/2020, às 22h32

None
(Leonardo de França, Midiamax)

Dois shoppings reabriram as portas neste sábado (18) depois de quase um mês fechados devido à pandemia de coronavírus em Campo Grande. Com termômetros e álcool em gel nas entradas, os estabelecimentos cumpriram com as regras de segurança, mas a movimentação foi tranquila nesta tarde.

Shoppings reabrem com aferição de temperatura, pouco movimento e muitas lojas fechadas
Wagner espera que economia se recupere. (Foto: Leonardo de França)

Em um dos shoppings abertos, o Norte Sul Plaza, as lojas estavam preparadas com álcool em gel e os funcionários estavam bem equipados com máscaras e luvas. Entretanto, nem todas as lojas abriram neste sábado (18). Conforme apurou a reportagem, algumas lojas suspenderam os contratos com os funcionários e devem levar mais alguns dias para reabrir. 

Wagner Marques, de 40 anos, voltou ao trabalho em uma loja de roupas sociais e está otimista. “Espero que o movimento seja bom, estamos seguindo as normas de biossegurança. Esperamos que melhore para a economia e também a nossa situação [nas vendas]”, disse. Wagner comenta que as lojas tiveram bastante prejuízo após quase um mês fechadas, mas acredita que aos poucos tudo deve se ajustar.

Shoppings reabrem com aferição de temperatura, pouco movimento e muitas lojas fechadas
Frederico se surpreendeu com movimento. (Foto: Leonardo de França)

O gerente de uma loja de calçados Frederico Veríssimo foi até a loja para ver como estava o movimento. Ele se surpreendeu ao ver pessoas nos corredores, mas diz que a loja ainda não deve reabrir, por recomendação da rede. “Vamos manter fechada para preservar os funcionários e clientes. Quando voltarmos, espero que melhore rápido”, diz.

A autônoma Elaine de Araújo, de 36 anos, foi ao shopping com a família para fazer compras em uma loja de eletrodomésticos. Ela conta que tirou o dia para ir ao mercadão e ao shopping, mas que não estava saindo de casa até então. 

Elaine concorda com a reabertura do shopping e diz que facilita a rotina, já que ela não consegue pagar as contas pela internet. “Eu estava evitando sair de casa, mas estamos tentando voltar à vida normal”, diz. 

No shopping Pátio Central, as regras também foram seguidas, com álcool gel, termômetro na entrada e senha para controlar o número de clientes no local. Havia lojas fechadas, mas a maioria dos clientes procurou o shopping para almoçar na praça de alimentação. 

Jornal Midiamax