Cotidiano

Secretaria de Saúde recomenda fechamento de shoppings, feiras livres e fim de velórios

Deliberação publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (23) pelo Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia recomenda o fechamento de shoppings, feiras livres e, ainda, a suspensão de velórios. Conforme a publicação, dos serviços não recomendados devido ao alto risco de contaminação de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, apenas shoppings, feiras […]

Gabriel Maymone Publicado em 23/07/2020, às 11h07 - Atualizado em 24/07/2020, às 07h41

Foto: Leonardo de França, Midiamax
Foto: Leonardo de França, Midiamax - Foto: Leonardo de França, Midiamax

Deliberação publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (23) pelo Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia recomenda o fechamento de shoppings, feiras livres e, ainda, a suspensão de velórios.

Conforme a publicação, dos serviços não recomendados devido ao alto risco de contaminação de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, apenas shoppings, feiras livres e velórios estão em funcionamento. Constam ainda eventos culturais, festividades, parques públicos, cinemas e práticas coletivas ao ar livre.

Também, a deliberação traz como serviços não essenciais (que não têm necessidade de estar em funcionamento) de alto risco as academias, salões de beleza, barbearias, aulas presenciais, áreas comuns de condomínios e serviços de turismo.

Entre as atividades de médio risco estão comércio atacadista e varejista, celebrações religiosas, pet shops e cinemas em espaço aberto, como exemplo os drive-ins. Já entre os que oferecem baixo risco à população aparecem serviço de ambulantes, representação comercial, profissionais liberais, hotéis e motéis.

Prosseguir

O Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) cria uma tabela de risco para coronavírus nas cidades sul-mato-grossenses que vai definir a flexibilização ou ‘arrocho’ nas medidas de isolamento social contra covid-19.

Criada por decreto no último dia 26 e baseada em uma consultoria da OPAS (Organização Pan-americana da Saúde) a ação vai nortear as ações de preservação da saúde e econômicas em MS durante a pandemia do novo coronavírus.

Então, no aspecto econômico, os estabelecimentos também são divididos em categorias, considerando baixo, médio e alto riscos. Esta tabela foi desenvolvida com base em indicadores como o contato entre as pessoas, a possibilidade de ocasionar aglomeração e a rede de relacionamento entre as atividades.

Jornal Midiamax