Cotidiano

Profissionais recebem capacitação para atuarem no pólo de atendimento do Ayrton Senna

Os profissionais de saúde que irão atuar na assistência de casos suspeitos de coronavírus no Polo de Atendimento criado no parque Ayrton Senna, bairro Aero Rancho, passaram por treinamento na manhã deste domingo (22). Cerca de 120 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares devem compor o quadro da unidade que […]

Mylena Rocha Publicado em 22/03/2020, às 14h40

None

Os profissionais de saúde que irão atuar na assistência de casos suspeitos de coronavírus no Polo de Atendimento criado no parque Ayrton Senna, bairro Aero Rancho, passaram por treinamento na manhã deste domingo (22). Cerca de 120 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares devem compor o quadro da unidade que passa a funcionar a partir desta segunda-feira (23).Atualmente há 19 casos confirmados e outros 28 suspeitos no município.

A capacitação feita pelos técnicos da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), parceira na iniciativa, e da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), reforça a importância de seguir os protocolos e  orientações sobre manejo clínico de casos suspeitos, a fim de oportunizar a assistência adequada ao paciente.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) destacou a necessidade de adotar todas as medidas preventivas e de contenção possíveis neste momento. “Existe a perspectiva de um aumento considerável no número de casos nas próximas semanas, por isso temos que estar preparados para este momento”, declarou na ocasião.

A recomendação é para que pessoas com sintomas leves optem por ficar em casa. Considera-se pessoa com sintomas a apresentação de tosse seca, dor de garganta ou dificuldade respiratória, acompanhada ou não de febre. No Polo de Atendimento, estes pacientes serão triados, atendidos e, havendo a necessidade, serão encaminhados para um hospital.

A coleta de exames só será realizada em casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizados ou óbitos por alguma doença respiratória e em pacientes que se encontram nos UPAS/CRS (em vias de internação), ou seja, aguardando vaga em um hospital.

A partir de terça-feira (24), o atendimento da unidade será feito de 8h às 22h, podendo ser ampliado de acordo com a demanda.

Jornal Midiamax